Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/2016/05/18/motoristas-e-cobradores-de-onibus-paralisam-terminais-em-sp.htm
  • totalImagens: 17
  • fotoInicial: 6
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20160518103857
    • Greve de ônibus em SP 2016 [77724]; Aplicativo notícias [55626];
Fotos

18.mai.2016 - Motoristas e cobradores de ônibus fecharam os terminais de ônibus de São Paulo, em uma paralisação por melhorias salariais. Na imagem, ônibus ficam parados na avenida Rebouças. Alguns motoristas subiram aos ônibus minutos antes do horário oficial da paralisação (10h) avisando os passageiros que os coletivos não fariam o trajeto previsto. Os funcionários pedem reposição da inflação e aumento real de 5%, além de PLR (Participação nos Lucros e Resultados) de R$ 2.000, convênio médico gratuito, seguro de vida e auxílio funeral Wellington Ramalhoso/UOL Mais

18.mai.2016 - Motoristas e cobradores de ônibus fecharam os terminais de ônibus de São Paulo, em uma paralisação por melhorias salariais. Alguns motoristas subiram aos ônibus minutos antes do horário oficial da paralisação (10h) avisando os passageiros que os coletivos não fariam o trajeto previsto. Os funcionários pedem reposição da inflação e aumento real de 5%, além de PLR (Participação nos Lucros e Resultados) de R$ 2.000, convênio médico gratuito, seguro de vida e auxílio funeral Reprodução/Globo News Mais

18.mai.2016 - Motoristas e cobradores de ônibus fecharam os terminais de ônibus de São Paulo, em uma paralisação por melhorias salariais. Alguns motoristas subiram aos ônibus minutos antes do horário oficial da paralisação (10h) avisando os passageiros que os coletivos não fariam o trajeto previsto. Os funcionários pedem reposição da inflação e aumento real de 5%, além de PLR (Participação nos Lucros e Resultados) de R$ 2.000, convênio médico gratuito, seguro de vida e auxílio funeral Reprodução/Globo News Mais

18.mai.2016 - Motoristas e cobradores de ônibus fecharam os terminais de ônibus de São Paulo, em uma paralisação por melhorias salariais. Na imagem, ônibus ficam parados na avenida Rebouças. Alguns motoristas subiram aos ônibus minutos antes do horário oficial da paralisação (10h) avisando os passageiros que os coletivos não fariam o trajeto previsto. Os funcionários pedem reposição da inflação e aumento real de 5%, além de PLR (Participação nos Lucros e Resultados) de R$ 2.000, convênio médico gratuito, seguro de vida e auxílio funeral Wellington Ramalhoso/UOL Mais

18.mai.2016 - Motoristas e cobradores de ônibus fecharam os terminais de ônibus de São Paulo, em uma paralisação por melhorias salariais. Na imagem, ônibus ficam parados na avenida Rebouças. Alguns motoristas subiram aos ônibus minutos antes do horário oficial da paralisação (10h) avisando os passageiros que os coletivos não fariam o trajeto previsto. Os funcionários pedem reposição da inflação e aumento real de 5%, além de PLR (Participação nos Lucros e Resultados) de R$ 2.000, convênio médico gratuito, seguro de vida e auxílio funeral Wellington Ramalhoso/UOL Mais

18.mai.2016 - Motoristas e cobradores de ônibus fazem paralisação no terminal Vila Nova Cachoeirinha, em São Paulo, na manhã desta quarta-feira (18). A categoria fechou terminais na capital por melhorias salariais. Os funcionários pedem reposição da inflação e aumento real de 5%, além de PLR (Participação nos Lucros e Resultados) de R$ 2.000, convênio médico gratuito, seguro de vida e auxílio funeral Marcos Bezerra/Futura Press/Estadão Conteúdo Mais

18.mai.2016 - Motoristas e cobradores de ônibus fazem paralisação no terminal Sacomã, em São Paulo, na manhã desta quarta-feira (18). A categoria fechou terminais na capital por melhorias salariais. Os funcionários pedem reposição da inflação e aumento real de 5%, além de PLR (Participação nos Lucros e Resultados) de R$ 2.000, convênio médico gratuito, seguro de vida e auxílio funeral Amauri Nehn/Brazil Photo Press/Estadão Conteúdo Mais

18.mai.2016 - Motoristas e cobradores de ônibus fazem paralisação no terminal Sacomã, em São Paulo, na manhã desta quarta-feira (18). A categoria fechou terminais na capital por melhorias salariais. Os funcionários pedem reposição da inflação e aumento real de 5%, além de PLR (Participação nos Lucros e Resultados) de R$ 2.000, convênio médico gratuito, seguro de vida e auxílio funeral Amauri Nehn/Brazil Photo Press/Estadão Conteúdo Mais

18.mai.2016 - Motoristas e cobradores de ônibus fazem paralisação no terminal Parque Dom Pedro 2º, em São Paulo, na manhã desta quarta-feira (18). A categoria fechou terminais na capital por melhorias salariais. Os funcionários pedem reposição da inflação e aumento real de 5%, além de PLR (Participação nos Lucros e Resultados) de R$ 2.000, convênio médico gratuito, seguro de vida e auxílio funeral Werther Santana/Estadão Conteúdo Mais

18.mai.2016 - Motoristas e cobradores de ônibus fazem paralisação no terminal Parque Dom Pedro 2º, em São Paulo, na manhã desta quarta-feira (18). A categoria fechou terminais na capital por melhorias salariais. Os funcionários pedem reposição da inflação e aumento real de 5%, além de PLR (Participação nos Lucros e Resultados) de R$ 2.000, convênio médico gratuito, seguro de vida e auxílio funeral Paulo Lopes/Futuro Press/Estadão Conteúdo Mais

18.mai.2016 - Passageiros aguardam o término da paralisação de motoristas e cobradores, prevista para 12h, no terminal Parque Dom Pedro 2º, em São Paulo, na manhã desta quarta-feira (18). A categoria fechou terminais na capital por melhorias salariais. Os funcionários pedem reposição da inflação e aumento real de 5%, além de PLR (Participação nos Lucros e Resultados) de R$ 2.000, convênio médico gratuito, seguro de vida e auxílio funeral Paulo Lopes/Futuro Press/Estadão Conteúdo Mais

18.mai.2016 - Motoristas e cobradores de ônibus estacionam veículos na avenida Nove de Julho, centro de São Paulo, durante paralisação na manhã desta quarta-feira (18). A categoria fechou terminais na capital por melhorias salariais. Os funcionários pedem reposição da inflação e aumento real de 5%, além de PLR (Participação nos Lucros e Resultados) de R$ 2.000, convênio médico gratuito, seguro de vida e auxílio funeral Leonardo Benassatto/Futura Press/Estadão Conteúdo Mais

18.mai.2016 - Passageiros aguardam o término da paralisação de motoristas e cobradores, prevista para 12h, no terminal Santo Amaro, em São Paulo, na manhã desta quarta-feira (18). A categoria fechou terminais na capital por melhorias salariais. Os funcionários pedem reposição da inflação e aumento real de 5%, além de PLR (Participação nos Lucros e Resultados) de R$ 2.000, convênio médico gratuito, seguro de vida e auxílio funeral Douglas Pingituro/Agência O Dia/Estadão Conteúdo Mais

18.mai.2016 - Os terminais de ônibus foram liberados após a paralisação de duas horas de motoristas e cobradores em São Paulo. A classe paralisou todos os 28 terminais municipais e um intermunicipal que são administrados pela prefeitura da cidade, reivindicando reajuste salarial e melhorias. Segundo a UGT (União Geral dos Trabalhadores), entidade à qual é vinculado o Sindimotoristas, organizador da paralisação, o ato foi "pacífico" Paulo Lopes/Futuro Press/Estadão Conteúdo Mais

19.mai.2016 - Ônibus deixam de circular no terminal Parque Dom Pedro 2º, em São Paulo. Motoristas e cobradores realizaram uma nova paralisação por melhorias salariais. Os trabalhadores reivindicam aumento real de 5% no salário, reajuste do tíquete refeição de R$ 19 para R$ 25 e participação nos lucros de R$ 2.000 - o dobro do valor pago no ano passado. A pauta também inclui convênio odontológico gratuito, seguro de vida e auxílio funerário. Já a proposta das empresas de transportes foi de reajuste salarial de 2,31%, abaixo da inflação, e do tíquete refeição Suamy Beydoun/Futura Press/Estadão Conteúdo Mais

19.mai.2016 - Motoristas e cobradores de ônibus fazem paralisação no Terminal São Mateus, em São Paulo, na tarde desta quinta-feira. A paralisação foi iniciada às 14h e segue até as 16h. Os trabalhadores reivindicam aumento real de 5% no salário, reajuste do tíquete refeição de R$ 19 para R$ 25 e participação nos lucros de R$ 2.000 - o dobro do valor pago no ano passado. A pauta também inclui convênio odontológico gratuito, seguro de vida e auxílio funerário. Já a proposta das empresas de transportes foi de reajuste salarial de 2,31%, abaixo da inflação, e do tíquete refeição Peter Leone/Futura Press/Estadão Conteúdo Mais

19.mai.2016 - Motoristas e cobradores de ônibus encerram a paralisação no Terminal Barra Funda, em São Paulo, na tarde desta quinta-feira. A paralisação foi iniciada às 14h. A categoria rejeitou em assembleia a proposta feita pelo sindicato das empresas, de 2,31% de reajuste salarial. Eles reivindicam aumento real de 5% no salário, reajuste do tíquete refeição de R$ 19 para R$ 25 e participação nos lucros de R$ 2.000 - o dobro do valor pago no ano passado Chello Fotógrafo/Futura Press/Estadão Conteúdo Mais

Motoristas e cobradores de ônibus paralisam terminais em SP

Últimos álbuns de Notícias

UOL Cursos Online

Todos os cursos