Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/2016/07/08/meu-corpo-minhas-regras-mulheres-posam-nuas-para-denunciar-cultura-do-estupro.htm
  • totalImagens: 16
  • fotoInicial: 7
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20160708070000
Fotos

"Meu corpo, minhas regras" é a mensagem pintada no corpo de uma das modelos fotografadas para o projeto Habeas Corpus. O ensaio fotográfico foi idealizado pela artista plástica Barbara Goy e pelo fotógrafo Léo Pinheiro do C41 Estúdio, com o objetivo de denunciar o machismo e a cultura do estupro Léo Pinheiro/C41 Estúdio Mais

Sete modelos posaram com os corpos cobertos apenas por tinta para o ensaio fotográfico Habeas Corpus, criado por Barbara Goy e Léo Pinheiro do C41 Estúdio. O projeto pretende denunciar o machismo e a cultura do estupro "que ainda se faz forte nos dias de hoje" Léo Pinheiro/C41 Estúdio Mais

Jovem posa com seu corpo pintado para o projeto Habeas Corpus, idealizado pela artista plástica Barbara Goy e pelo fotógrafo Léo Pinheiro. O ensaio fotográfico pretende denunciar o machismo e a cultura do estupro Léo Pinheiro/C41 Estúdio Mais

Ensaio fotográfico do projeto Habeas Corpus, idealizado pela artista plástica Barbara Goy e pelo fotógrafo Léo Pinheiro do C41 Estúdio, com o objetivo de denunciar o machismo e a cultura do estupro Léo Pinheiro/C41 Estúdio Mais

Sete modelos posaram com os corpos cobertos apenas por tinta para o ensaio fotográfico Habeas Corpus, criado por Barbara Goy e Léo Pinheiro do C41 Estúdio. O projeto pretende denunciar o machismo e a cultura do estupro "que ainda se faz forte nos dias de hoje" Léo Pinheiro/C41 Estúdio Mais

"Respeito" diz a pintura no corpo da modelo transexual. A imagem faz parte de um ensaio fotográfico idealizado pela artista plástica Barbara Goy e pelo fotógrafo Léo Pinheiro do C41 Estúdio. Entitulado Habeas Corpus, o projeto pretende combater o machismo e a cultura do estupro Léo Pinheiro/C41 Estúdio Mais

Jovem posa com a palavra 'respeito' pintada em seu corpo para o projeto Habeas Corpus, idealizado pela artista plástica Barbara Goy e pelo fotógrafo Léo Pinheiro. O ensaio fotográfico pretende denunciar o machismo e a cultura do estupro Léo Pinheiro/C41 Estúdio Mais

Seis mulheres e uma transexual foram pintadas pela artista plástica Bárbara Goy com frases de empoderamento feminino e de protesto contra o machismo e a opressão. O projeto pretende se tornar uma exposição itinerante para dar voz a mulheres Léo Pinheiro/C41 Estúdio Mais

Sete modelos posaram com os corpos cobertos apenas por tinta para o ensaio fotográfico Habeas Corpus, criado por Barbara Goy e Léo Pinheiro do C41 Estúdio. O projeto pretende denunciar o machismo e a cultura do estupro "que ainda se faz forte nos dias de hoje" Léo Pinheiro/C41 Estúdio Mais

"Mulher é mais que genital" diz a pintura no corpo da modelo transexual. A imagem faz parte de um ensaio fotográfico idealizado pela artista plástica Barbara Goy e pelo fotógrafo Léo Pinheiro do C41 Estúdio. Entitulado Habeas Corpus, o projeto pretende combater o machismo e a cultura do estupro Léo Pinheiro/C41 Estúdio Mais

Sete modelos posaram com os corpos cobertos apenas por tinta para o ensaio fotográfico Habeas Corpus, criado por Barbara Goy e Léo Pinheiro do C41 Estúdio. O projeto pretende denunciar o machismo e a cultura do estupro "que ainda se faz forte nos dias de hoje" Léo Pinheiro/C41 Estúdio Mais

"Chega" diz o corpo de uma das sete modelos fotografadas para o projeto Habeas Corpus, idealizado pela artista plástica Barbara Goy e pelo fotógrafo Léo Pinheiro do C41 Estúdio. O projeto pretende se tornar uma exposição itinerante e visa servir de voz para mulheres e dar um fim a cultura de opressão Léo Pinheiro/C41 Estúdio Mais

Seis mulheres e uma transexual foram pintadas pela artista plástica Bárbara Goy com frases de empoderamento feminino e de protesto contra o machismo e a opressão. O projeto pretende se tornar uma exposição itinerante para dar voz a mulheres Léo Pinheiro/C41 Estúdio Mais

Ensaio fotográfico do projeto Habeas Corpus, idealizado pela artista plástica Barbara Goy e pelo fotógrafo Léo Pinheiro do C41 Estúdio, com o objetivo de denunciar o machismo e a cultura do estupro Léo Pinheiro/C41 Estúdio Mais

5.jul.2016 - Ensaio fotográfico do projeto Habeas Corpus, idealizado pela artista plástica Barbara Goy e pelo fotógrafo Léo Pinheiro do C41 Estúdio, com o objetivo de denunciar o machismo e a cultura do estupro. Seis mulheres e uma transexual foram pintadas pela artista com frases de empoderamento feminino e de protesto ao machismo e a opressão. O projeto pretende se tornar uma exposição itinerante e visa servir de voz para mulheres e dar um fim a cultura de opressão que ainda se faz forte nos dias de hoje Léo Pinheiro/C41 Estúdio Mais

Sete modelos posaram com os corpos cobertos apenas por tinta para o ensaio fotográfico Habeas Corpus, criado por Barbara Goy e Léo Pinheiro do C41 Estúdio. O projeto pretende denunciar o machismo e a cultura do estupro "que ainda se faz forte nos dias de hoje" Léo Pinheiro/C41 Estúdio Mais

Meu corpo, minhas regras: Mulheres posam nuas para denunciar cultura do estupro

Últimos álbuns de Notícias

UOL Cursos Online

Todos os cursos