Informações sobre o álbums
  • editoria:Geral
  • galeria: Enquete
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/2016/09/27/imagens-impressionantes-do-planeta-terra.htm
  • totalImagens: 793
  • fotoInicial: 793
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20110610213816
Fotos
Garças dançam para atrair os parceiros em Hokkaido, Japão. Um símbolo japonês de longevidade e felicidade, as garças se preparam no inverno para época de procriação Roy Toft/National Geographic Creative

Mais
Casas vitorianas em São Francisco }(EUA). Chamadas de "damas coloridas", as casas vitorianas do Parque Alamo Square tornaram-se um ícone da cidade montanhosa e nublada Krista Rossow/National Geographic Creative

Mais
Bandeirolas com orações no Vale Yarlung, no Tibete. Geralmente vistas no alto dos Himalaias, acredita-se que as bandeirolas trazem bençãos e proteção Pete Ryan/National Geographic Creative

Mais
Salamandras podem regenerar várias partes do corpo, desde a cauda até olhos e parte da medula espinhal George Grall/National Geographic Creative

Mais
Araras-vermelhas sobrevoam Parque Nacional de Madidi, na Bolívia. Localizado na bacia do rio Amazonas, a reserva é um maravilhoso paraíso com mais 1.600 km² de vida selvagem, e mais de 1.000 espécies de aves Joel Sartore/ National Geographic Creative

Mais
Uma barraca na trilha de Manaslu, no Nepal. O caminho inigualável da região de Manaslu é igualmente desafiador e gratificante, com casas de chá que servem como pontos de descanso ao longo do caminho. A montanha é a oitava mais alta do mundo Alex Treadway/National Geographic Creative

Mais
Uma mulher pratica ioga em Krabi, Tailândia. Conhecida pelas impressionantes formações rochosas e pelo azul do mar, a cidade no sul da Tailândia oferece um cenário idílico para uma boa sessão de alongamento Cory Richards/National Geographic Creative

Mais
Um orangotango em Bornéu. Os orangotangos são os maiores mamíferos que vivem em árvores, fazendo tudo lá em cima: viajam grandes distâncias, constroem suas casas e buscam alimento nos estratos mais altos das florestas Frans Lanting/National Geographic Creative

Mais
Piscina com vista para o mar Egeu, perto de Santorini, na Grécia. Santorini é um paraíso azul, desde os telhados das casas até o mar que cerca a ilha vulcânica Richard Nowitz/National Geographic Creative

Mais
Um iceberg tabular no Oceano Ártico. Geralmente pesando bilhões de toneladas, os icebergs tabulares (em forma de tábua) são enormes planícies de gelo flutuante que se estendem por quilômetros Ralph Lee Hopkins/National Geographic Creative

Mais
Sapo-flecha azul no Suriname. Esses sapos são mais coloridos do mundo, mas suas peles escondem venenos poderosos George Grall/National Geographic Creative

Mais
Crianças brincam na costa de Bali, Indonésia. Cercada pelo oceano Índico, a ilha paradisíaca atrai inúmeros turistas, mas ainda é possível escapar da multidão Alex Saberi/National Geographic Creative

Mais
Flamingos passeiam no Parque Nacional de Lake Nakuru, no Quênia. Conhecidos pelos grandes rebanhos de flamingos, a reserva é um santuário para mais de 450 espécies de aves John Eastcott e Yva Momatiuk/National Geographic Creative

Mais
Uma medusa coronata no mar Vermelho. Por serem invertebradas, as medusas não são classificadas como peixes. Seus parentes mais próximos são as anêmonas e corais Henry Jager/National Geographic Creative

Mais
Escória derretida escorre em Norilsk, Rússia. A cidade industrial é um dos lugares mais poluídos do mundo por conta da fundição de metais pesados que ocorre na região Gerd Ludwig/National Geographic Creative

Mais
Leão e leoa ficam juntos no zoológico de Washington, EUA. Graças às grandes laringes, os leões tem o rugido mais alto entre os felinos, podendo ser ouvido há quilômetros de distância Paul Sutherland/National Geographic Creative

Mais
Turistas passeiam de elefante no templo de Bayon, no Camboja. Localizado na antiga cidade de Angkor Thom, o impressionante templo é coberto por mais de 200 rostos misteriosos esculpidos em pedra Jim Richardson/National Geographic Creative

Mais
Lobo-do-ártico anda nos Territórios do Noroeste do Canadá. O lobo-do-ártico é uma subespécie do lobo que habita o Alasca, o norte do Canadá e a Europa Jim Brandenburg/National Geographic Creative

Mais
Uma família de ursos marrons no Parque Nacional Katmai, no Alasca. Cerca de 2200 ursos marrons vivem na reserva onde têm abundância de salmão vermelho durante o verão Barrett Hedges/National Geographic Creative

Mais
Buphagus empoleirados em um hipopótamo no Parque Nacional de Serengeti, na Tanzânia. Buphagus acham comida fácil nas costas dos hipopótamos, onde se fixam inúmeros parasitas Jason Edwards/National Geographic Creative

Mais
Mercado de Natal em Herrenberg, Alemanha. Os mercados são uma tradição por todo o país, onde as pessoas bebem vinho quente, comem salsichas assadas e compram artesanato para presentar Greg Dale/National Geographic Creative

Mais
Uma joaninha na Colômbia. Joaninhas são tidas como sinal de boa sorte e antes se chamavam besouros de Nossa Senhora, em homenagem à Virgem Maria Guillermo Ossa/National Geographic Creative

Mais
Turista nada em piscina termal, na China Wang Liqun/Xinhua

Mais
Uma cratera vulcânica em Galápagos. As 19 ilhas que compõe o arquipélago de Galápagos, no oceano Pacífico, perto da linha do Equador, são conhecidas pela diversidade de animais e vida marinha Frans Lanting/National Geographic Creative

Mais
Um mergulhador nada na Ilha Conception, nas Bahamas. A pequena ilha abriga uma reserva natural que serve como santuário para aves migratórias e tartarugas Jad Davenport/National Geographic Creative

Mais
Amanhecer na costa sul da Islândia. As auroras que iluminam o céu do Ártico resultam da colisão entre átomos da atmosfera terrestre e partículas carregadas pelo sol Mike Theiss/National Geographic Creative

Mais
Elefantes no Parque Nacional de Amboseli, no Quênia. Elefantes usam suas trombas, compostas por mais 40 mil músculos, para fazer tudo, desde comer e beber até para o banho William Thompson/National Geographic Creative

Mais
Um suricato anda aos lado dos filhotes em Botsuana. A espécie prova sua força em conjunto: caçam, acumulam feno para comida e constroem tocas complexas Chris Johns/National Geographic Creative

Mais
A ponte Golden Gate em São Francisco, EUA. Construída durante a crise de 1929 e terminada em 1937, este ícone se estende por 2,7 km por cima do estreito de Golden Gate Jill Schneider/National Geographic Creative

Mais
O jardim de Claude Monet em Giverny, na França. As nenúfares (planta aquática) e a ponte japonesa foram inspiração para as famosas pinturas impressionistas do artista Farrel Grehan/National Geographic Creative

Mais
O Fórum Romano ao anoitecer. Antes cercado por grandiosos templos, monumentos, prédios públicos e comércio, o fórum era o centro da atividade pública na Roma antiga Kenneth Garrett/National Geographic Creative

Mais
Perus selvagens andam em campo nos EUA. Todo mês de novembro, o presidente americano "perdoa" perus nas comemorações do dia de Ação de Graças. Os animais perdoados escapam de ir para o forno na ceia tradicional Tim Laman/National Geographic Creative

Mais
Uma baleia-jubarte sai da água no mar de Cortez, no México. Chamado de aquário do mundo pelo explorador francês Jacques Cousteau, o Cortez abriga peixes, frutos do mar e mamíferos marinhos Ralph Lee Hopkins/National Geographic Creative

Mais
Dançarinos folclóricos participam de competição na Escócia. Desde a metade do século 19 os Jogos de Lonach Highland Gathering celebram as tradições escocesas com gaiteiros, danças e competições esportivas Jim RichardsonI/National Geographic Creative

Mais
Babuínos-gelada brincam no Parque Nacional Simien Mountains, na Etiópia. Encontrados apenas nesse país, os gelada vivem em grandes e complexos grupos nas pastagens do parque Michael Nichols/National Geographic Creative

Mais
Arqueólogos mergulham num cenote na península de Yucatan, no México. Yucatan é conhecida por seus cenotes, profundas crateras com formação calcária e piscinas naturais Paul Nicklen/National Geographic Creative

Mais
Um puma caminha pelo zoológico de Melbourne, na Austrália. Também chamados de panteras e leões da montanha, os pumas são felinos solitários, conhecidos como hábeis caçadores Jason Edwards/National Geographic Creative

Mais
Banhistas aproveitam as termas de Széchenyi, em Budapeste, Hungria. Construída em 1913, a piscina termal fica no centro da cidade, e é uma das 18 espalhadas no complexo de um spa Ami Vitale/National Geographic Creative

Mais
Menino corre em rua de Chefchaouen, Marrocos. Localizada nas montanhas Rif, no norte do país, Chefchaouen abriga casas e lojas com paredes pintadas em diferentes tons de azul Erika Skogg/National Geographic Creative

Mais
Borboleta da espécie Junonia almana pousa em uma folha no sudeste da Ásia. Nativa do sul da Ásia, essa borboleta apresenta desenhos diferentes nas asas durante as estações úmidas e secas Tim Laman/National Geographic Creative

Mais
Pinguins-gentoo observam o gelo na Antártida. Esses pinguins, geralmente monogâmicos, se revezam para chocar os ovos. Quando os filhotes nascem, são alimentados pelos pais por um mês Alph Hopkins/National Geographic Creative

Mais
Veados-vermelhos no Richmond Park, em Londres. O parque foi criado em 1625, quando o rei Charles 1º transformou uma área selvagem perto de seu palácio em Londres numa reserva para os animais. Atualmente, é o maior dos oito parques reais da cidade Alex Saberi/National Geographic Creative

Mais
Um mergulhador checa as vieiras japonesas em Vancouver, Canadá. Um declínio na população mundial de vieiras selvagens levou ao aumento da aquacultura (produção de organismos aquáticos para uso do homem) Brian J.Skerry/National Geographic Creative

Mais
Uma tempestade de raios em Elephant Butte, no Novo México, EUA. O Novo México faz parte de uma grande faixa de terra no centro dos EUA conhecida como "Beco dos Tornados", por causa da intensa atividade climática Carsten Peter/National Geographic Creative

Mais
Campos de tulipas na Holanda. Embora os holandeses sejam conhecidos pelo cultivo de tulipas, a maioria das espécies desta flor é originária da Ásia Central Paul Nicklen/National Geographic Creative

Mais
Uma águia americana pesca um peixe nas Ilhas Aleutas, no Alasca. A águia, símbolo dos EUA, é um pássaro pescador que pode ser encontrado por toda a América do Norte Klaus Nigge/National Geographic Creative

Mais
O surfista profissional Anthony Walsh faz manobra em Teahupoo, Taiti. O local é conhecido por ter as melhores (e mais perigosas) ondas do mundo, pode assustar os principiantes Josh Humbert/National Geographic Creative

Mais
Pinguins nadam no mar de Ross, na Antártica. Líderes globais chegaram a um acordo em outubro que vai transformar o mar de Ross na maior reserva marinha do mundo, com quase 1 mi de km² de oceano fora dos limites da pesca comercial Paul Nicklen/National Geographic

Mais
Duas girafas no Giraffe Manor, em Nairobi, Quênia. O Giraffe Manor é um hotel construído nos anos 1930, onde também vivem girafas que aparecem de manhã e tarde em busca de atenção Robin Moore/National Geographic Creative

Mais
Cânion Antelope no Arizona, EUA. Esta icônica rocha foi formada pela passagem da água e erosão por milhares de anos Mike Theiss/National Geographic Creative

Mais
Big Ben, em Londres. Apesar da torre norte do Parlamento Britânico ser chamda de Big Ben, o nome refere-se apenas ao sino Sean Gallagher/National Geographic Creative

Mais
O edifício Burj Khalifa atravessa as nuvens em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. Em outubro começou a construção de outro aranha-céus na cidade, que será ainda mais alto que o Burj Khalifa, de 828 metros Dmitry Dolzhanskiy/National Geographic Creative

Mais
A lava escorre do vulcão Nyamuragira, na República Democrática do Congo. Localizada no Parque Nacional Virunga, o Nyamuragira é um dos vulcões mais ativos no mundo e entrou em erupção mais de 40 vezes desde 1865 Kent Kobersteen/National Geographic Creative

Mais
Um grupo de orcas em Andfjorden, Noruega. Também chamada de baleia assassina, a orca não é baleia de verdade, mas sim o maior membro da família dos golfinhos Paul Nicklen/National Geographic Creative

Mais
Cadeados do amor, em Verona, Itália. Inspirados na peça "Romeu e Julieta", de William Shakespeare, casais escrevem seus nomes em cadeados e os prendem na casa onde supostamente Julieta viveu Jill Schneider/National Geographic Creative

Mais
Machu Picchu, no Peru. Localizado nos Andes, sabe-se queo local abrigava templos incas, mas ainda há muitos mistérios para os pesquisadores destas ruínas Mike Theiss/National Geographic Creative

Mais
Um reserva de mármore travertino em Pamukkale, Turquia. No sudoeste do país, piscinas naturais de calcário transbordam água morna, rica em minerais Nigel Hicks/National Geographic Creative

Mais
Um gorila come raízes de ervas em um pântano do Congo. Os gorilas que têm a pelagem cinza nas costas são os machos alfa que lideram o grupo Ian Nichols/National Geographic Creative

Mais
O pôr do sol visto de uma das torres da Catedral de Notre Dame, em Paris, França. Na catedral, as quimeras tem apenas função decorativa, enquanto as gárgulas tem bicos que redirecionam a água da chuva Richard Nowitz/National Geographic Creative

Mais
Um gêiser em erupção na Islândia. A nascente termal popularizou a palavra Geysir, original na língua islandesa, e suas traduções pelo mundo Raul Touzon/National Geographic Creative

Mais
Uma mulher carrega mandioca e seu bebê na Nigéria. A mandioca é um dos alimentos de base da alimentação dos nigerianos. A raiz cresce por lá mais do que em qualquer outro lugar do mundo Lynn Johnson/National Geographic Creative

Mais
Um pescador no rio Li, em Guangxi, na China. Alguns pescadores do sudeste do país usam cormorões, também conhecido como biguá (pássaros aquáticos), treinados para ajudar na pesca Raymond Gehman/National Geographic Creative

Mais
Bordos e bétulas em um jardim de Vermont, EUA. Todo outono, a cidade é colorida pelo dourado e âmbar das folhagens dessas árvores Ira Meyer/National Geographic Creative

Mais
Um sapo Dendrobatidae azul escala uma planta no Suriname. Esses são os animais mais tóxicos do mundo, mas a primeira defesa deles é a cor extravagante, que ajuda a manter predadores afastados George Grall/National Geographic Creative

Mais
Uma tartaruga-verde mergulha próximo a Grande Barreira de Corais, na costa australiana. Valiosas pela carne e ovos, as tartarugas-verdes são uma espécie ameaçada de extinção Jason Edwards/National Geographic Creative

Mais
Zebras se reúnem no delta do rio Okavango, em Botsuana. As listras das zebras, que os cientistas acreditam que funcionem como camuflagem, são como as nossas impressões digitais: cada animal tem um padrão Frans Lanting/National Geographic Creative

Mais
Baleia jubarte salta sobre a água no Alasca. Os cientistas não sabem exatamente porque as baleias saltam, mas acredita-se que os motivos são vários, incluindo comunicação e para se livrarem de parasitas James Forte/National Geographic Creative

Mais
O Hanging Rock, na Austrália. Localizado no Parque Nacional Blue Mountains, a formação rochosa era usada pelos aborígenes como local de rituais de passagem masculinos Brooke Whatnall/National Geographic Creative

Mais
Turistas no Museu de Orsay, em Paris. Uma antiga estação de trem, o museu abriga uma grande coleção de pinturas do Impressionismo, fotografias em branco e preto, esculturas e arte decorativa Steve Raymer/National Geographic Creative

Mais
Um mergulhador entre arraias-jamanta no Havaí. A espécie pode pesar até 2 toneladas e tem envergadura de até 7 m. Apesar do tamanho, se alimentam prioritariamente de plâncton David Doubilet/National Geographic Creative

Mais
As falésias de Moher, na costa oeste da Irlanda. Com mais de 200 m de altura no seu ponto mais alto, o local é uma das mais vertiginosas e populares atrações turísticas da Irlanda Chris Hill/National Geographic Creative

Mais
Macacos nadam em Nagano, Japão. Durante o inverno, os macacos-japoneses, também chamados de macacos da neve, procuram fontes termais para se aquecerem Patrick Shyu/National Geographic Creative

Mais
Bailarina posa rodeada por todas as sapatilhas que usou na vida. Por causa do esforço e exigência do balé, as sapatilhas podem durar apenas por uma performance Kike Calvo/National Geographic Creative

Mais
Um elefante-africano passeia no Quênia. Os elefantes tem uma audição apurada e podem ouvir o chamado de outros da mesma espécie a mais de 3 km Beverly Joubert/National Geographic Creative

Mais
Sol nasce na ilha de Komodo, na Indonésia. O local é famoso por seu habitante nativo, o dragão-de-komodo, que é o maior lagarto do mundo Michael Nichols/National Geographic Creative

Mais
5.out.2016 - Um cardume segue um tubarão-baleia no mar da costa australiana. Os tubarões-baleias não são baleias de verdade. Contudo, pertencem a maior espécie de peixe do oceano, chegando a 12 metros de comprimento Jason Edwards/National Geographic Creative

Mais
4.out.2016 - Alpinistas descansam no cume do Monte Everest, na cordilheira do Himalaia, que está a 8,8 km de altitude. A grande maioria das pessoas que escala o Everest precisa de suplemento de oxigênio Barry Bishop /National Geographic Creative

Mais
4.out.2016 - Uma onça-pintada no Peru. Caçadoras ágeis, elas farejam a presa em terra e água, ao contrário de outros felinos Jason Edwards/National Geographic Creative

Mais
Uma mãe babuíno carrega seu filhote no Parque Nacional Chobe, em Botsuana. Nos primeiros quatro meses de vida, os babuínos vivem pendurados às mães, primeiro na barriga, depois nas costas Sergio Pitamitz/National Geographic Creative

Mais
Gnus migram da Tanzânia em direção ao Quênia. Todos os anos, entre julho e outubro, 1,7 mi de gnus fazem este percurso em busca de água e comida Frans Lanting/National Geographic Creative

Mais
Estêncil de mãos feitas há mais de 2.500 anos cobrem as paredes da Cueva de las Manos, na patagônia argentina. A técnica permite estampar desenhos ou figuras geométricas nas superfícies. A impressão estêncils de mãos e pés em paredes de cavernas existe em todos os continentes. As mais antigas marcas foram feitas há pelo menos 30 mil anos Nigel Hicks/National Geographic

Mais
No lago Anivorano, em Madagascar, a lenda conta que quando os moradores negaram água a um viajante sedento, o lago começou a encher e a população foi transformada em crocodilos. Hoje as mulheres da vila fazem uma cerimônia para evocar seus antepassados Albert Moldvay/National Geographic

Mais
Um rio de lava escorre do vulcão Pu'u 'O'o, no Havaí. Este vulcão, em erupção contínua desde 1983, já aumentou a ilha em mais de 2 km², mas também destruiu centenas de casas Frans Lanting/National Geographic

Mais
Acácias mortas permanecem em pé perto do deserto da Namíbia, na África. Acredita-se que essas árvores morreram entre 600 e 700 anos e, muito secas para decompor, foram petrificadas pelo sol Annie Griffiths/National Geographic

Mais
Herói de um evento ocorrido há pelo menos mil anos, a figura do rei Gesar é celebrada no monastério de Schechen, na China. A cerimônia mostra-o aos 12 anos vencendo uma corrida de cavalos em que o prêmio é o casamento com a filha do chefe do reino vizinho, que o levará ao trono dourado Michael S. Yamashita/National Geographic

Mais
Coral cogumelo no recife Kingman, no Oceano Pacífico. Em resposta ao estímulo do ambiente, algumas espécies desse coral trocam de sexo (até mais de uma vez), sendo uma das poucas a fazer isso espontaneamente Brian Skerry/National Geographic Creative

Mais
Uma foca-leopardo descansa num bloco de gelo na Antártica. Eles podem parecer fofos, mas são predadores violentos, perdendo apenas para as baleias na cadeia alimentar local Brian Skerry/National Geographic Creative

Mais
Um martim-pescador mergulha em direção à água na Romênia. Como o pássaro depende de água limpa para pescar, sua presença pode indicar qualidade do ecossistema Joe Petersburger/National Geographic

Mais
16.set.2016 - Um pescador atravessa lago em um bote no Parque Adirondack, nos EUA. Construídos no século 19, os botes foram desenhados especificamente para caça e pesca em Nova York David Alan Harvey/National Geographic Creative

Mais
Dedicada ao poeta religioso islandês Hallgrímur Pétursson, a igreja luterana Hallgrimskirkja está a 75 m de altitude acima do centro de Reykjavik, na Islândia Jonathan Irish/National Geographic

Mais
Frequentemente vistas em obras de arte e mitologia, papoulas crescem facilmente na natureza e desabrocham em tons vibrantes de vermelho, laranja e amarelo. Como as da foto na cidade de Toscana, na Itália Raul Touzon/National Geographic

Mais
15.set.2016 -Cangurus lutam na Austrália. Conhecidos pelos braços parecidos com os humanos e a cauda forte, esses marsupiais são sempre flagrados lutando como boxeadores Medford Taylor/National Geographic Creative

Mais
15.set.2016 -Um arco-íris se forma nas cataratas Vitória, na Zâmbia. Fronteira entre Zâmbia e Zimbábue, o rio Zambezi deságua nas cataratas com mais de 100 m de a Jason Edwards/National Geographic Creative

Mais
15.set.2016 - Pandas gigantes brincam em Chengdu, na China. Graças aos esforços de conservação da vida selvagem, os pandas saíram da lista de espécies em risco de extinção da União Internacional para a Conservação da Natureza Michael Melford/National Geographic Creative

Mais
12.set.2016 - Homem salta da torre Fisher em Utah, EUA. As torres tem cerca 270 metros de altura e são áreas de escalada desde 1960 Keith Ladzinski/National Geographic Creative

Mais
12.set.2016 - Participantes disputam a corrida Qimualaniq Quest, na Ilha Baffin, Canadá. O objetivo da corrida é reviver a tradição dos trenós puxados por cães, mas o evento foi cancelado em 2009 por falta de financiamento Ben Horton/National Geographic Creative)

Mais
8.set.2016 - Um urso de Kermode caminha na floresta do Grande Urso, na Columbia Britânica, Canadá. Este animal raro é, na verdade, um urso negro com pelagem clara Paul Nicklen/National Geographic

Mais
8.set.2016 - Visão do horizonte na estrada de ferro do Alasca, a maior linha férrea do Estado pertencente aos EUA, com cerca de 800 km. A construção da ferrovia teve início em 1903. Atualmente ela liga a cidade de Seward à Fairbanks Rich Reid/National Geographic

Mais
6.set.2016 - Pinguins-imperadores passeiam na Antártida. Durante a época de reprodução, os pinguins, que geralmente encontram um parceiro por ano, cortejam o companheiros com maneios de cabeça, bicadas e dancinha Frans Lanting/National Geographic Creative

Mais
6.set.2016 - Um mergulhador nada em direção a uma estrela-do-mar em Belize. Estes animais não são peixes, são equinodermes: animais aquáticos simétricos com pele áspera Barry Tessman/National Geographic Creative

Mais
5.set.2016 - Uma serpente "dança" ao som da corneta de um encantador de serpentes em Marraquexe, no Marrocos. Na Praça Jemaa el Fna, no centro da cidade, é possível observar serpentes dançando músicas tradicionais para seus donos como se fosse mágica Heather Perry/National Geographic Creative

Mais
5.set.2016 - Os olhos grandes permitem que o sapo de árvore na Papua Nova Guiné veja as presas e os predadores de quase todas as direções Tim Laman/National Geographic Creative

Mais
1º.ago.2016 - Salmões do Atlântico esperam para a desova em um rio de Quebeque, no Canadá. O salmão é um peixe anádromo, ou seja, nasce na água doce, migra para o mar durante a vida adulta e volta para a água doce para se reproduzir Paul Nicklen/National Geographic Creative

Mais
31.ago.2016 - Morcegos conhecidos como raposas voadoras em uma floresta na Samoa Americana, na Polinésia. Com asas que podem chegar a 1,5 metros, esses morcegos estão entre os maiores do mundo Randy Olson/National Geographic Creative

Mais
31.ago.2016 - O rio Colorado no Grand Canyon, nos EUA. O parque, que conserva belezas naturais e vida selvagem, comemorou seu 100° aniversário neste mêsRALPH LEE HOPKINS/National Geographic Creative) Ralph Lee/National Geographic Creative

Mais
30.ago.2016 - Uma coruja-das-torres pousa no Parque Nacional de Lakes, nos EUA. Essas corujas têm uma excelente visão e audição, além de orelhas posicionadas assimetricamente para ouvir presas passando acima e abaixo delas Raymond Gehman/National Geographic Creative

Mais
30.ago.2016 - A Via Láctea e Vênus iluminam o céu no Parque Nacional Samburu, no Quênia. Vênus é geralmente o planeta mais próximo da terra, mas Mercúrio, Saturno, Marte e Júpiter também podem ser vistos a olho nu Babak Tafreshi/National Geographic Creative

Mais
29.ago.2016 - Na Itália, os banhistas podem alugar guarda-sóis e espreguiçadeiras de cores vibrantes nas praias públicas e particulares na exuberante costa do país Michael Poliza/National Geographic Creative

Mais
29.ago.2016 - Uma mergulhadora sobe em uma réplica de tubarão na Ilha das Mulheres, no México. A imagem foi registrada durante as gravações do filme "Shark Boy of Bora Bora" (sem versão em português) Nick Caloyianis/National Geographic Creative

Mais
26.ago.2016 - Uma manada de elefantes em Botsuana. Conhecidos pelo olfato excelente, os elefantes cheiram agitando as trombas no ar Beverly Joubert/National Geographic Creative

Mais
24.ago.2016 - Rinocerontes brancos passeiam na Reserva Kapama, na África do Sul. Graças aos esforços de preservação, os rinocerontes brancos - cobiçados por causa dos chifres - são os menos ameaçados de extinção da espécie Sergio Pitamitz/National Geographic Creative

Mais
24.ago.2016 - Engarrafamento de gondolas em Veneza, Itália. Antigamente, este barcos eram o principal meio de locomoção em na cidade. Hoje, transportam vários tipos de produtos e, claro, turistas. Jodi Cobb/National Geographic Creative

Mais
23.ago.2016 - A Via Láctea acima do Uluru, ou a rocha Ayers, na Austrália. Considerado um local sagrado pelo aborígenes, a gigante formação rochosa vermelha tem mais de 300 m de altura e 1.600 metros quadrados Babak Tafreshi/National Geographic Creative

Mais
23.ago.2016 - Um cardume de Plectorhinchus lineatus na Grande Barreira de Corais na costa australiana. O local abriga mais de 1.500 espécies de peixes, cerca de 10% de todas as espécies do mundo Julia Sumerling/National Geographic Creative

Mais
22.ago.2016 - Um urso marrom pesca um salmão no Parque Nacional de Lake Clark, no Alasca. Todo verão, na época da desova do salmão, os ursos vão a caça para ganhar peso e aguentar o inverno Barrett Hedges/National Geographic Creative

Mais
22.ago.2016 - Um caçador Inuit espera por uma foca no gelo em Nunavut, Canadá. As focas são importantes na cultura do povo Inuit há séculos, servindo de alimento. Atualmente, a pele também se tornou fonte de renda Gordon Wiltsie/National Geographic Creative

Mais
19.ago.2016 - Um elefante-asiático nada no oceano Índico. Os corpos grandes e flutuantes dos elefantes permitem que eles boiem com facilidade, tornando-os nadadores de alto nível Jody Macdonald/National Geographic Creative

Mais
17.ago.2016 - Um grupo de flamingos-pequenos dormindo no Parque Nacional do Serengeti, na Tanzânia. Com equilíbrio impecável, flamingos gostam de descansar sobre uma perna, mas os cientistas não sabem ainda a razão. Pode ser para conservar calor, ou simplesmente por ser mais confortável Jason Edwards/National Geographic Creative

Mais
17.ago.2016 - Pássaros voam sobre o rio Yamuna, em frente ao Taj Mahal. Muitos hindus acreditam que banhando-se no Yamuna, um dos rios mais sagrados da Índia, seus pecados serão lavados e terão proteção contra a morte Gianluca Colla/National Geographic Creative

Mais
16.ago.2016 - Fazendo mel em uma colmeia. Três tipos de abelha ? operária, zangão e rainha ? trabalham juntos para manter o zumbido na colmeia Maria Stenzel/National Geograph

Mais
16.ago.2016 - Um golfinho-roaz no mar de Cortez, no México. Chegando a 6 metros de comprimento, golfinhos pulam para guardar energia, pescar e se comunicar Ralph Lee Hopkins/National Geographic Creative

Mais
13.ago.2016 - Um camaleão em Madagascar. A habilidade única dos camaleões de mudar a cor da pele é controlada por fatores variados, como temperatura, umidade, luz e até emoções Christian Ziegler/National Geographic Creative

Mais
15.ago.2016 - Um alpinista escala o Half Dome no Parque Nacional de Yosemite (EUA). Essa formação rochosa é conhecida entre os alpinistas pela face noroeste, que tem 600 m de altura e demora dias para ser completada Mikey Schaeffer/National Geographic Creative)

Mais
11.ago.2016 - Um urso polar em Nunavut, Canadá. Encontrado por todo o Ártico, os ursos polares frequentemente viajam grandes distância em pedaços de gelo que flutuam pela água Paul Nicklen/National Geographic Creative

Mais
10.ago.2016 - Sequoias no Parque Estadual Humboldt, na Califórnia, EUA. A sequoia sempervirens, a maior árvore do mundo, pode atingir os 90 m de altura. National Geographic Creative

Mais
10.ago.2016 - Um cardume de tubarões-martelo na Ilha do Coco, na Costa Rica. Esses tubarões são predadores tropicais, geralmente avistados em grupo em busca de águas mais frias durante o verão. Ben Horton/National Geographic Creative

Mais
9.ago.2016 - Uma gueixa em Kyoto, Japão. Consideradas um símbolo da cultura japonesa, as gueixas são raras. Há menos de 2 mil e a maioria vive em Kyoto XPacifica/National Geographic Creative

Mais
9.ago.2016 - Gado das montanhas na Ilha de Lewis, na Escócia. Nativo aquele país, esse gado é criado principalmente para o abastecimento de carne Jim Richardson/National Geographic Creative

Mais
8.ago.2016 - Cangurus cinzas orientais o Parque Nacional Murramarang, Austrália. Estes cangurus estão entre os maiores do mundo e usam as pernas fortes para saltar e se locomover a mais de 50 km/h Frans Lanting/National Geographic Creative

Mais
8.ago.2016 - Aurora boreal ilumina o lago Jokulsarlon, na Islândia. O fenômeno acontece durante todo o ano, mas é mais visível no inverno, quando o céu está mais escuro Mike Theiss/National Geographic Creative

Mais
4.ago.2016 - Um coala leva filhote no Santuário dos Coalas Lone Pine, na Austrália. O anima passa os 6 primeiros meses de vida na bolsa da mãe, depois a acompanha por mais 6 meses nas costas ou barriga Anne B.Keiser/National Geographic Creative)

Mais
3.ago.2016 - Um tigre em cativeiro na Califórnia (EUA). Os maiores dos felinos, os tigres podem pesar mais do 270 quilos e atingir 3 metros de comprimento Michael Nichols/National Geographic Creative

Mais
3.ago.2016 - Banhistas nadam numa piscina em Nova York (EUA). No verão, os novaiorquinos se refrescam em piscinas espalhadas pelos 5 distritos da cidade Howell Walker/National Geographic Creative

Mais
2.ago.2016 - Um peão faz uma gineteada (tentar ficar montado em um cavalo não domesticado) no Chile. Na América Latina, a tradicional gineteada testa a sorte dos competidores que tentam domar cavalos selvagens Tomas Munita/National Geographic Creative

Mais
2.ago.2016 - Caminho com baobás em Madagascar. Nativo da África, o baobá é uma árvore pré-histórica que pode atingir 30 metros de altura e 9 metros de diâmetro Cristina Mittermeier/National Geographic Creative

Mais
1º.ago.2016 - Ovelhas caminham na estrada em Wyoming (EUA). A criação de ovelhas decaiu no país desde a Segunda Guerra Mundial, com o número de animais caindo de 56 milhões para 7 milhões atualmente Lowell Georgia/ National Geographic Creative

Mais
1º.ago.2016 - A Grande Barreira de Corais australiana, o maior arrecife formado por seres vivos no mundo. A área tem mais de 400 tipos de corais David Doubilet/National Geographic Creative

Mais
27.jul.2016 - Vendedores de comida preparam espetinhos durante a celebração do Ramadã no Cairo, Egito. No mês sagrado para dos muçulmanos, eles fazem jejum do amanhecer até o sol se pôr Winfield Parks/ National Geographic Creative

Mais
27.jul.2016 - Um homem come em um café de Marselha, na França. Fundada por volta do ano 600 a.C. pelos gregos, é a mais velhas entre as cidades da França Krista Rossow/National Geographic Creative

Mais
27.jul.2016 - Campos de tulipas na Holanda, país que começou a importar as flores no séc XVI e hoje é o maior produtor de tulipas do mundo. São mais de 4 bilhões por ano Paul Nicklen/ National Geographic Creative

Mais
27.jul.2016 - Olé! Toureiro dribla animal durante tourada em Pamplona, na Espanha. No mês de julho, Pamplona tem uma festa de 9 dias em homenagem a San Fermin, padroeiro da cidade, com touradas e uma corrida de touros Albert Moldvay/ National Geographic Creative

Mais
27.jul.2016 - Um caçador mongol segura uma águia-real. O homem domesticou as águas para localizar a capturar presas nas montanhas da Mongólia ocidental David Edwards/ National Geographic Creative

Mais
27.jul.2016 - Araras-vermelhas repousam na Reserva Nacional de Tambopata, no Peru. Na floresta amazônica, as araras se reúnem em bancos de argila (o maior deles é nesta reserva), que são uma grande fonte de sódio Frans Lanting/National Geographic Creative

Mais
27.jul.2016 - Todos os anos, as florestas mexicanas são tingidas de laranja durante a migração para o sul de milhões de borboletas monarca Joel Sartore/National Geographic Creative

Mais
27.jul.2016 - Siga o líder! Um cisne mãe e seus filhotes. Cisnes jovens já nascem cobertos com penas e podem nadar por horas Norbert Rosing/ National Geographic Creative

Mais
27.jul.2016 - Caiaques nas quedas de Lady Bowen, na Nova Zelândia. Com mais de 160 m, é a maior cachoeira permanente em Milford Sound, um fiorde na Ilha Sul do país Michel Melford/ National Geographic Creative

Mais
27.jul.2016 - O sol nasce em Angkor Wat, no Camboja. O complexo, construído no séc. XII, era originalmente dedicado ao deus hindu Vishnu, mas foi convertido em centro budista no século seguinte Jim Richardson/National Geographic Creative

Mais
27.jul.2016 - Músicos tocam blues no Mississípi, nos EUA. Nascido no sul do país, o blues teve origem nas músicas dos escravos, e cantam a opressão sofrida pelos afro-americanos Willian Albert Allard/ National Geographic Creative

Mais
27.jul.2016 - Juntinhos! Preguiças na ilha Barro Colorado no Canal do Panamá. Nativas das Américas Central e do Sul, estes animais tem 3 dedos e dormem mais de 18 horas por dia Frans Lanting/National Geographic Creative

Mais
27.jul.2016 - Marcha dos pinguins. Pinguins-reais caminham pelas ilhas Geórgia do Sul. Com quase 1m, eles são os segundos maiores pinguins do mundo Gordon Wiltsie/ National Geographic Creative

Mais
27.jul.2016 - Um campo de girassóis. Cultivadas inicialmente na América do Norte há mais de 5 mil anos, os girassóis eram usados pelos índios americanos para alimentação, extração de tinta, decoração e medicina Medford Taylor/ National Geographic Creative

Mais
27.jul.2016 - A Corrida Real de Camelos em Riyadh, Arábia Saudita. Originalmente uma tradição beduína, a corrida de camelos é um esporte popular no Oriente Médio Jodi Cobb/ National Geographic Creative

Mais
27.jul.2016 - Um jovem elefante macho e um filhote no Quênia. As grandes orelhas dos elefante os ajudam a dissipar o calor e manter a temperatura, além de servir como comunicação visual Michael Poliza/National Geographic Creative

Mais
Para o alto e avante. Balões sobrevoam a Capadócia, na Turquia. A paisagem rochosa e surrealista da Capadócia é resultados de antigas explosões vulcânicas e da erosão JILL SCHNEIDER/National Geographic Creative

Mais
Espião. Um pavão mostra suas penas. A plumagem vibrante dos pavões machos conta com um "olho" azul brilhante para atrair as fêmeas Frans Lanting/National Geographic Creative

Mais
Aqui o sol também nasce. O sol nascendo no sul da Islândia, local famoso pelas praias de areia preta vulcânica e com impressionantes colunas de basalto ALEX SABERI/National Geographic Creative

Mais
30.jun.2016 - Turistas na Austrália aproveitam para fotografar um golfinho quando este se aproxima em busca de companhia e peixes oferecidos pelas pessoas David Doubilet/National Geographic Creative

Mais
29.jun.2016 - Mãos e pulsos de uma mulher Zuni cheios de aneis e braceletes de turquesa. Joalheiros da tribo costumam usar pedras preciosas em seus trabalhos Joseph H. Bailey/National Geographic Creative)

Mais
29.jun.2016 - Um macaco em Bali hidrata-se com com uma garrafa de água encontrada. Entretanto, a poluição na Indonésia causa mais problemas de saúde do que acidentes felizes Jason Edwards/National Geographic Creative

Mais
28.jun.2016 - Bandeirolas com orações em Ladakh, Índia. Os tecidos multicoloridos são amarrados em pelo Himalaia e representam bençãos da natureza Barry Tessman/National Geographic Creative

Mais
28.jun.2016 - Melancias são vendidas em um mercado de rua nos becos de Pequim, na China. Essas ruas estreitas foram sempre centro de convivência e comércio Jonathan Irish/National Geographic Creative

Mais
27.jun.2016 - Amanhecer nos Cuernos del Paine e lago Pehoe, na Patagônia chilena Beth Wald/National Geographic Creative

Mais
27.jun.2016 - A construção da pirâmide de Gizé, no Egito, começou em 2560 a.C., fazendo dela a mais velha do complexo de pirâmides e a mais antiga das 7 maravilhas do mundo Michael Melford/National Geographic Creative

Mais
24.jun.2016 - Uma tartaruga marinha nada no fundo do mar na ilha Sipadan, na Malásia. Ao nascer, elas são pequenas - não mais que 5 cm - mas podem chegar a 1,5 m Mauricio Handler/National Geographic Creative

Mais
24.jun.2016 - Uma foca-harpa recém-nascida descansa sob a luz colorida do crepúsculo. A pele dos bebês ajuda na proteção contra predadores e os mantém numa temperatura confortável até que ganhem gordura Brian J. Skerry/National Geographic Creative

Mais
24.jun.2016 - Cafe Du Monde, no quarteirão francês de Nova Orleans, EUA, é famoso pelas carolinas açucaradas e o café de chicória. Krista Rossow/National Geographic Creative

Mais
22.jun.2016 - Na Cidade Antiga de Jerusalém, em Israel, tecidos, cerâmicas e pedras polidas estão entres os itens vendidos em mercados populares Richard Nowitz/National Geographic Creative

Mais
22.jun.2016 - Vista da savana ao entardecer no Parque Nacional das Emas, em Goiás. O local, patrimônio da humanidade pela Unesco, abriga um dos ecossistemas mais antigos e com enorme biodiversidade Frans Lanting/National Geographic Creative

Mais
22.jun.2016 - Estátuas Moais, na ilha de Páscoa sob o céu limpo a noite. A pouca luz da ilha polinésia faz do local ideal para observação estelar. O local ao sul do Pacífico, fica a 4.100 km do Taiti e a longos 3.700 km da costa da América do Sul Jim Richardson/National Geographic Creative)

Mais
22.jun.2016 - Um arco-íris marca a passagem de uma tempestade pelo lago Khoton, na Mongólia. Yurts como este servem de casas portáteis para os povos nômades David Edwards/National Geographic Creative

Mais
17.jun.2016 - Um sapo-de-vidro fica camuflado em cima de uma planta. O nome do sapo está ligado à sua pele transparente, que o permite camuflar-se em vários ambientes Michael Medford/National Geographic Creative

Mais
17.jun.2016 - Olhando de fora. Janelas delicadamente trabalhadas decoram a fachada de um monastério budista no Butão (Jason Edwards/National Geographic Creative

Mais
17.jun.2016 - Chaminés de Antoni Gaudi na Casa Milà, em Barcelona, Espanha. O centro cultural e patrimônio da humanidade da Unesco é conhecido por lembrar uma pedreira Annie Griffiths/National Geographic Creative

Mais
17.jun.2016 - Clogs holandeses pendurados na parede de uma loja de lembrancinhas em Amsterdã. os sapatos são bons para andar nos pântanos da Holanda Chris Hill/National Geographic Creative

Mais
15.jun.2016 - Um homem numa aldeia berbere, vestido com roupas tradicionais, enche copos de chá numa loja marroquina de tapetes. O chá berbere é embalado com ervas frescas e oferecido em sinal de hospitalidade Eric Kruszewski/National Geographic Creative

Mais
13.jun.2016 - Imagem retrata o coral-cérebro, que leva esse nome pela similaridade ao órgão humano vital. Apenas a parte mais externa do coral é viva, sendo o resto composto do esqueleto Wolcott Henry/National Geographic Creative

Mais
13.jun.2016 - Raios de sol passam pelas rachaduras no cânion Antelope, no Arizona, EUA. Gargantas como essas são formadas quando a água força passagem pelas rochas Mike Theiss/National Geographic Creative

Mais
9.jun.2016 - Um cavalo-marinho nada perto do fundo do mar em Salt Island, nas Ilhas Virgens Britânicas,no Caribe. A espécie tende a gravitar perto de corais e vegetação marinha Mauricio Handler/National Geographic Creative

Mais
9.jun.2016 - Um colorido complexo de apartamentos em Hong Kong abriga milhares de chineses. A cor é utilizada para diferenciar os prédios nos bairros de arranha-céus cada vez mais altos Mike Theiss/National Geographic Creative

Mais
8.jun.2016 -Vista da pirâmide do Louvre ao anoitecer. O aumento do nível do Sena obrigou a relocação de várias obras no museu mais importante de Paris Richard Nowitz/National Geographic Creative

Mais
8.jun.2016 - Raios dão ao céu uma cor arroxeada na ilha de Cumberland, na Geórgia. A ilha abriga florestas, praias e pântanos praticamente intocados Rayomind Gehman/National Geographic Creative

Mais
7.jun.2016 - Camelos em corrida cruzam a linha de chegada aos olhos de uma multidão animada. Além da ajuda com transporte e alimentação, os camelos fazem parte da cultura esportiva de Omã Jason Edwards/National Geographic Creative

Mais
7.jun.2016 - Vista de Blue Water Bay, no mar do Caribe. Trindad e Tobago formam uma nação de uma única ilha que atrai turistas pelas praias, biodiversidade e crescentes áreas cosmopolitas Michael MelfordI/National Geographic Creative

Mais
6.jun.2016 - Uma mulher carrega um galão de água potável no Quênia. O país sofre com a escassez de água, primeiro pelo tempo instável e depois pela condições sanitárias decorrentes da superpopulação Lynn Johnson/National Geographic Creative

Mais
6.jun.2016 - A Prada Marfa, ?loja? localizada no Texas (EUA), começa a se deteriorar. Criada pelo estúdio Elmgreen e Dragset para nunca ser aberta, a instalação artística da grife seria uma crítica ao luxo, e não tem manutenção. A ideia é deixar que ela seja gradualmente destruída pelo tempo Michael & Jennifer Lewis/National Geographic Creative

Mais
1º.jun.2016 - Um artesão pinta bonecos de cerâmica em Marselha, França. Quem vai à cidade pode visitar o Museu de Artes Decorativas e Moda para encontrar artigos semelhantes Krista Rossow/National Geographic Creative

Mais
1º.jun.2016 - Praticantes de wakeboard, esporte aquático praticado com uma prancha tipo snowboard, puxado por uma lancha, atravessam um túnel de rocha na baía de St. George's, em Beirute, no Líbano. O esporte nasceu na década de 1940 e se tornou modalidade dos Jogos Olímpicos em 2005 Thomas J. Abercrombie/National Geographic Creative

Mais
30.mai.2016 - Em Las Fallas, uma festa popular comemora o dia de São José em Valência, Espanha. Os moradores fazem bonecos gigantes, geralmente satirizando situações atuais, e depois ateiam-lhes fogo. Kike Calvo/National Geographic Creative

Mais
31.mai.2016 - Vendedores de rua em Pequim vendem gafanhotos em espetos. Os insetos ganharam destaque na gastronomia local, aparecendo em menus mundo afora Richard Nowitz/National Geographic Creative

Mais
30.mai.2016 - Tramazeiras (Sorbus aucuparia) crescem no Craggy Gardens na Carolina do Norte, EUA. Alguns acreditam que a fruta é venenosa, mas servem de comida aos pássaros e para fazer compota Al Petteway and Amy White/National Geographic Creative

Mais
30.mai.2016 - Um ciclista passa pelo Palácio das Artes Rainha Sofia, uma ópera em Valência, Espanha. As formas e acústica do local ganharam notoriedade, mas uma das fachadas mostrou deficiências estruturais do edifício Tino Soriano/National Geographic Creative

Mais
27.mai.2016 - Alguns banhistas se protegem do sol enquanto outros se bronzeiam numa praia em Cannes, no sul da França Howell Walker/National Geographic Creative

Mais
27.mai.2016 - A plantação de cocos de Kapuaiwa, no Havaí, é uma das mais antigas do país, iniciada nos anos 1860 Jonathan Kingston/National Geographic Creative

Mais
26.mai.2016 - Um furão espia fora da toca ao pôr do sol. A espécie consegue passar por lugares estreitos graças ao corpo comprido e estreito Michael Forsberg/National Geographic Creative

Mais
25.mai.2016 - Pintura aborígene de uma mão em Kimberley, Austrália. O criador das pinturas rochosas de Bradshaw ainda é debate entre pesquisadores Paul Chesley/National Geographic Creative

Mais
24.mai.2016 - Um guerreiro Huli com figurino completo durante festival que celebra o orgulho da tribo nas terras altas da Papua Nova Guiné Jodi Cobb/National Geographic Creative

Mais
24.mai.2016 - Prédio cubano refletido na janela de um carro antigo americano. A arquitetura de Havana é composta pelos estilos ocidentais mais proeminentes desde o período colonial Eric Kruszewski/National Geographic Creative

Mais
23.mai.2016 - ma estátua de Maria no topo da Colina as Cruzes, na Lituânia. O local de peregrinação tem milhares de cruzes de madeira e metal Martin Gray/National Geographic Creative

Mais
18.mai.2016 - Suco de toranja a venda em Marraquexe, Marrocos. Na Jemaa el-Fnaa, uma grande praça pública da cidade, vendedores espremem laranja e toranja diariamente, além de vender vários outros artigos. Erika Skogg/National Geographic Creative

Mais
18.mai.2016 - Pessoas caminham em Varanasi, Índia, nas margens do rio Ganges. As águas do rio são consideradas sagradas e levam multidões a Varanasi, onde podem banhar-se nela Jason Edwards/National Geographic Creative

Mais
17.mai.2016 - Palácio Potala, em Lassa, Tibete, China. O local tem sido a casa de inverno do dalai-lama desde o século 7 Martin Gray/National Geographic Creative

Mais
17.mai.2016 - Um peixe-boi vai à superfície para respirar. O mamífero marinho é um primo do elefante na água: grande e cinza, mas equipado com barbatanas e rabo achatado, ao invés de tromba e pernas fortes Brian Skerry/National Geographic Creative

Mais
16.mai.2016 - O mar Morto, no Oriente Médio, ao pôr do sol. Um cientista acredita que correr uma maratona em menor de duas horas depende da oferta de oxigênio. Ele testa sua teoria no mar Morto, onde a quantidade do gás é cerca de 5% a mais Richard Nowitz/National Geographic Creative

Mais
16.mai.2016 - Uma joaninha é fotografada numa flor cor de rosa. Joaninhas ajudam as preservar as flores comendo insetos que poderiam consumi-las Guillermo Ossa/National Geographic Creative

Mais
Na mesquita de Sheikh Lotfollah, no Irã, uma mulher veste um chador - véu que mantém a cabeça coberta com a ajuda das mãos. Há uma grande variedade de véus muçulmanos, cada um com um nome e propósito diferentes Frans Lanting/National Geographic Creative

Mais
Entre socos: Um boxeador treina em Havana, Cuba. O boxe é um dos esportes mais populares do país, com cerca de 19 mil praticantes Raul Touzon/National Geographic Creative

Mais
É melhor a água gelada. Uma água-viva-juba-de-leão nada perto da Ilha de Vancouver, no Canadá. Esta espécie é comum em águas árticas e pode chegar a 36 m de comprimento Paul Nicklen/National Geographic Creative

Mais
Desabrochar na primavera. Um jardim em Rhode Island, EUA, foi feito em estilo japonês, com cerejeiras floridas e passarelas Darlyne A. Murawski/National Geographic Creative

Mais
Só olhando. Uma vaca é um cliente incomum --mas uma visão comum-- nos becos de Rishikesh, Índia. A maioria dos estados indianos proíbe o abate bovino, porque eles são sagrados no hinduísmo Peter McCBride/National Geographic Creative

Mais
9.mai.2016 - O America True veleja em Auckland, Nova Zelândia, durante a Copa Louis Vuitton, em 2000. O vencedor foi o Prada Challenge, da Itália, que conquistou o direito de participar da competição americana Todd Gipstein/National Geographic Creative

Mais
9.mai.2016 - Velas simbolizando votos iluminam a nave da catedral de Notre Dame, em Paris. Com mais de 850 anos, Notre Dame passou por várias restaurações, reafirmando sua condição de ícone da capital francesa Raul Touzon/National Geographic Creative

Mais
5.mai.2016 - Um ônibus decorado passeia pelo centro de Karachi. A maior cidade do Paquistão oferece grande variedade de transportes com preços acessíveis David Evans/National Geographic Creative

Mais
4.mai.2016 - No Novo México o milho seca enquanto os habitantes do povoado de Santa Clara se preparam para um dia de banquete. Os feriados dos americanos nativos celebram a cultura e oferecem à comunidade uma chance de aprender sobre as tribos Ira Block/National Geographic Creative

Mais
4.mai.2016 - Um golfinho-roaz, o mais conhecido de sua família, fotografado mergulhando na costa da polinésia Francesa. Tim Laman/National Geographic Creative

Mais
3.mai.2016 - Monges budistas parados à porta nas ruínas do Templo de Bayon, em Angkor Wat, no Camboja W.E. Garrett/National Geographic Creative)

Mais
3.mai.2016 - Um ciclista passeia pelo calçamento da Praça do Mercado em Bruges, Bélgica. Na praça há um campanário do século 13, um dos primeiros exemplos da arquitetura neogótica, e muitos negócios locais Nicholas Sumner/National Geographic Creative)

Mais
2.mai.2016 - Detalhe da asa multicolorida de uma araracanga no Parque Nacional Manu, Peru. A araracanga é o maior dos papagaios, com mais de 1,2 m de envergadura Frans Lanting/National Geographic Creative

Mais
2.mai.2016 - Puxadores entalhados decoram as portas da antiga Cidade Proibida, em Pequim. Durante as dinastias Ming e Qing, a Cidade Proibida era a casa do império chinês Paul Chesley/National Geographic Creative)

Mais
27.abr.2016 - Clérigos católicos se prostram em cerimônias de ordenação, rituais pelos quais precisam passar antes de assumir uma posição na igreja James L.Stanfield/National Geographic Creative

Mais
27.abr.2016 - Um cão de rua observa o movimento sentado em meio as esfinges no complexo do Templo de Karnak, em Luxor, Egito. Entre os bilhões de cães do mundo, 3/4 vivem nas ruas Stephen St. John/National Geographic Creative

Mais
26.abr.2016 - Um mergulhador observa corais em Queensland, Austrália. A Grande Barreira de Corais também é lar de enguias, lagostas e camarões, entre outras espécies David Doubilet/National Geographic Creative)

Mais
26.abr.2016 - Ursos marrons no Parque Nacional do Lago Clark, no Alasca. Os ursos marrons são os mais comuns do mundo, apesar de raramente vistos no inverno Bob Smith/National Geographic Creative

Mais
25.abr.2016 -Vista aérea de um popular local de mergulho na costa norte da Jamaica, mergulhadores com cilindro ou snorkel podem observar a vida submarina do Caribe bem de perto Mike Theiss/National Geographic Creative

Mais
25.abr.2016 -No Salar de Uyuni, maior planície de sal do mundo, o nascer do sol gera uma bela luz rosa. O salar boliviano se formou a partir de um lago pré-histórico, o Minchí Mike Theiss/National Geographic Creative

Mais
22.abr.2016 - Submarino. O Arrecife Mesoamericano na região de Belize, onde centenas de espécies fazem da região de corais sua casa Brian Skerry/National Geographic Creative

Mais
22.abr.2016 - Aprecie, mas não toque. Mais de 1400 espécies de cactus crescem num jardim na ilha Lanzarote, na Espanha, onde o tempo é quente o ano todo Tino Soriano/National Geographic Creative

Mais
22.abr.2016 - Batatas num mercado de Helsinki, Finlândia. O tubérculo chegou da Alemanha nos anos 1730, e desde então é acompanhamento para peixe, nas tortas de carne ou sozinha, assada ou em purê Jodi Cobb/National Geographic Creative

Mais
20.abr.2016 - Uma borboleta asas-de-vidro pousa nos dedos de um manipulador em Monteverde, Costa Rica. As asas são transparentes porque o material do qual são feitas não absorve nem reflete luz visível Michael Melford/National Geographic Creative

Mais
20.abr.2016 - Um lago glacial remoto cercado de picos de gelo e cobertos de neve no arquipélago Tierra del Fuego, na Argentina. A topografia do Tierra del Fuego é variada, incluindo altos picos e floresta temperadas Jason Edwards/National Geographic Creative

Mais
19.abr.2016 - O rio Amazonas tem mais de 600 km e corta seis países ? Peru, Bolívia, Venezuela, Colômbia, Equador e Brasil ? antes de desaguar no oceano Atlântico Peter McBride/National Geographic Creative

Mais
19.abr.2016 - Monastério, em Petra, Jordânia, está a cerca de uma hora de subida do centro da cidade, mas vale a caminhada. O prédio foi esculpido diretamente nas montanhas rochosas acima do antigo centro comercial Salil Wadhavkar/National Geographic Creative

Mais
12.abr.2016 - Araras-vermelhas na Reserva Nacional de Tambopata, no Peru. Várias espécies de papagaios tropicais, que são nativas das Américas Central e do Sul, estão ameaçadas de extinção Frans Lanting/National Geographic Creative

Mais
12.abr.2015 - A igreja de São Vicente, localizada na vila de Sant Joan de Labritja, em Ibiza. A ilha espanhola é destino popular de turistas procurando vida noturna, mas algumas áreas ainda são rurais Tino Soriano/National Geographic Creative

Mais
11.abr.2016 - Pra o alto e avante! Rocha de escalada na costa de Hvar, Croácia. A ilha é conhecida por suas praias, restaurantes e vida noturna... mas os penhascos permitem que o turista faça outra coisa além de relaxar Bobby Model/National Geographic Creative

Mais
11.abr.2016 - Um tubarão branco ataca um cardume de pescada. Os tubarões são mais propensos a atacar peixes pequenos e arraias do que humanos, apesar das representações de Hollywood Jennifer Hayes/National Geographic Creative

Mais
6.abr.2016 - Rinocerontes caminham perto do monte Quênia num dia nublado. Os rinocerontes brancos são herbívoros e residem nas planícies da África Robin Moore/National Geographic Creative

Mais
6.abr.2016 - Novo peixe na área. Um peixe-leão nada perto de um coral no atol de Turneffe, Belize. Esta é uma espécie invasora no Oceano Atlântico e no Mar do Caribe, e causa estrago nessas áreas Brian Skerry/National Geographic Creative

Mais
5.abr.2016 - Potes coloridos de sorvete sueco em uma loja Estocolmo, onde sabores como anis e cardamomo, licor e gengibre são servidos em cones crocantes Stephen St. John/National Geographic Creative

Mais
5.abr.2016 - Um porco selvagem nada na costa da Ilha do Gato, nas Bahamas. Não se sabe ao certo como os porcos foram parar nesta e em outras ilhas do país Jim Abernethy/National Geographic Creative

Mais
4.mar.2016 - Um homem abre o paraquedas após saltar de uma das Fisher Towers no deserto, em Utah, EUA Keith Ladzinski/National Geographic Creative

Mais
4.abr.2016 - Turistas procuram sombra sob guarda-sóis na Itália. Entre as praias mais populares estão as da Costa Amalfitana, Capri e Sardenha Michael Poliza/National Geographic Creative

Mais
1ºabr.2016 - Um lobo-guará no Piauí. A coloração vermelha e marrom e orelhas pontudas o fazem parecer uma raposa, mas a diferença está nas pernas longas Roy Toft/National Geographic Creative

Mais
1ºabr.2016 - Zebras bebem água num charco no Parque Nacional Etosha, na Namíbia. Todo ano, milhares de zebras fazem a maior migração da África, entre a Namíbia e Botsuana Frans Lanting/National Geographic Creative

Mais
1ºabr.2016 - Dançarinos fantasiados e mascarados participam de um festival budista chamado tshechu, em Trashigang, Butão. Jed Weingarten/National Geographic Creative

Mais
30.mar.2016 - Nuvens de uma tempestade passam por um cactus saguaro no Arizona, EUA. A espécie, nativa do deserto de Sonora, pode produzir até 25 galhos e chegar a mais de 20 metros de altura Bill Hatcher/National Geographic Creative

Mais
30.mar.2016 - Uma lhama pasta na antiga cidade Inca de Machu Picchu, no Peru. Elas são encontradas nos Andes, onde foram usadas como animais de carga por séculos Jonathan Irish/National Geographic Creative

Mais
30.mar.2016 - A Cidade do Cabo é segunda cidade mais populosa da África do Sul, com 3.7 milhões de pessoas Annie Griffiths/National Geographic Creative

Mais
30.mar.2016 - Na caverna de Lascaux, na França, um dos descobridores das pinturas inspeciona as paredes. Estas artes estão entre as mais antigas produzidas pela humanidade Sisse Brimberg/National Geographic Creative

Mais
28.mar.2016 - Um coala dorme num tronco em Sidney, na Austrália. Os marsupiais são majoritariamente noturnos, podendo dormir até 20 horas por dia Frans Lanting/National Geographic Creative

Mais
28.mar.2016 - Um leão-marinho da Nova Zelândia grita. Leões-marinhos são conhecidos por serem grandes comunicadores Steve and Donna O'meara/National Geographic Creative

Mais
28.mar.2016 - Montanhas se encontram entre Áustria e Alemanha, perto dos Alpes de Zillertal Norbert Rosing/National Geographic Creative

Mais
28.mar.2016 - Galhos floridos de uma cerejeira. O desabrochar das cerejeiras ocorre na primavera, e muitas cidades fazem festas em comemoração Darlyne A. Murawski/National Geographic Creative

Mais
21.mar.2016 - O porto de Marsaxlokk, uma vila e pescadores em Malta, é onde a maior parte da pesca do país é recebida e vendida no mercado de domingo Christopher Hill/National Geographic Creative

Mais
21.mar.2016 - Especiarias frescas a venda em um mercado em Fiji. O arquipélago é conhecido pelo cultivo de baunilha, canela, noz-moscada, cúrcuma, pimenta em grãos, gengibre e cardamomo, entre outras temperos Jaki Robertson/National Geographic Creative

Mais
14.mar.2016 - Na medida para Buda. Tijolos de vidro e folha de ouro decoram o exterior do Wat Phra Kaew, o mais sagrado templo budista na Tailândia Jason Edwards/National Geographic Creative

Mais
14.mar.2016 - Olhe para baixo! Victoria Falls, a mais alta queda d?água do mundo, fica no Zimbábue. A nascente, o rio Zambezi, é o maior que deságua no oceano Índico vindo da África Willis D. Vaughn/National Geographic Creative

Mais
14.mar.2016 - O crescimento jamaicano. Um guia empurra uma canoa de bambu pela praia de Porto Antonio, na Jamaica. O turismo é responsável por boa parte da economia do país: cerca de 10% dos empregos e 27% do PIB Shannon Hibberd/National Geographic Creative

Mais
14.mar.2016 - Seja bem-vindo. Hoteis-cápsula no Japão permitem que viajantes paguem pouco em acomodações compactas Paul Chesley/National Geographic Creative

Mais
14.mar.2016 - Antes do vinho. Cachos de uvas malbec pendem de videiras no vale Uco, na Argentina. O país é o quinto maior produtor de vinhos do mundo, com os malbec liderando as vendas Alex Treadway/National Geographic Creative

Mais
14.mar.2016 - Parada rosa. Flamingos se reúnem nos salares de Makgadikgadi, em Botsuana. Juntos, os salares tem cerca de 10 mil km² de puro sal Frans Lanting/National Geographic Creative

Mais
14.mar.2016 - Amigo? Uma cascavel diamante oriental rasteja no Parque Nacional Everglades, nos EUA. Pesquisas recentes sugerem que alguns repteis temidos são muito sociáveis Luis Lamar/National Geographic Creative

Mais
10.mar.2016 - Na Austrália, um artista performático deslumbra a plateia em um mercado de rua com uma coroa de fogo feita com um bastão flamejante Jason Edwards/National Geographic Creative

Mais
10.mar.2016 - O acampamento Ama Dablam, na base nepalesa do Everest, brilha à noite e mostra que alpinistas são os únicos na região Alex Treadway/National Geographic Creative

Mais
10.mar.2016 - Turistas fotografam a torre Eiffel e seu show de luzes com telefones celulares. A cada hora durante a noite, o ícone parisiense cintila por alguns minutos Babak Tafreshi/National Geographic Creative

Mais
10.mar.2016 - Peixes-palhaço nadam na Indonésia. A espécie se protege ao se esconder entre os tentáculos das anêmonas, como no filme "Procurando Nemo" Mauricio Handler/National Geographic Creative

Mais
2.mar.2016 - As cataratas do Iguaçu vistas pelo lado argentino. São 275 quedas d?água simultâneas, que enchem os olhos dos visitantes Frans Lanting/National Geographic Creative

Mais
2.mar.2016 - Borboletas monarca chegam ao Santuário de Rosário, no México. Mais de 1 bi de borboletas migra da América do Norte em direção ao México anualmente no início do outono Annie Griffiths/National Geographic Creative

Mais
1º.mar.2016 - Sem pálpebras, esse lagarto da Nova Caledônia, um arquipélago da Oceania, protege os olhos com a língua Maresa Pryor/National Geographic Creative

Mais
1º.mar.2016 -Ao nascer do sol, aparecem as silhuetas de um rebanho de topis, também conhecidos como damaliscos. A Reserva Nacional de Maasai Mara, no Quênia, é um local que todos os tipos de vida selvagem chamam de casa Frans Lanting/National Geographic Creative

Mais
29.fev.2016 - Um homem observa um glaciar no Manto de Gelo da Groenlândia, uma das duas estruturas do tipo que contêm juntas 99% do gelo de água doce do mundo Jason Edwards/National Geographic Creative

Mais
29.fev.2016 - O pôr do sol em Oia, na ilha de Santorini, Grécia. A charmosa arquitetura da vila e a vista do mar fazem do local passagem de inúmeros turistas Jeremie Noel/National Geographic Creative

Mais
26.fev.2016 - Vista da montanha Matterhorn, nos Alpes Suíços, de uma tenda montada na beira do desfiladeiro de Gorner Alex Treadway/National Geographic Creative

Mais
25.fev.2016 - Um cardume de peixes-gato riscados nada por um recife nas ilhas Banda, Indonésia. Jason Edwards/National Geographic Creative

Mais
25.fev.2016 - Nativo da América Central, o sapo túngara tem o tamanho da borracha de um lápis, assim como outros da mesma espécie George Grall/National Geographic Creative

Mais
24.fev.2016 - Uma pizza sai do forno de pedra num restaurante em Roma, na Itália. Apesar de Nápoles ser a origem da pizza moderna, ela é popular em todo o país ichard Nowitz/National Geographic Creative

Mais
24.fev.2016 - Vista aérea do Great Blue Hole (Grande Buraco Azul), uma ?caverna vertical? na costa do Belize. O local é destino certo de mergulhadores David Doubilet/National Geographic Creative

Mais
22.fev.2016 - Um jovem esquia na neve fresca na Powder Mountain, em Utah, considerado o maior campo de esqui dos EUA Tim Laman/National Geographic Creative

Mais
22.fev.2016 - Sol se põe no Parque Nacional Bryce Canyon, nos EUA. No Anfiteatro ficam as estruturas mais impressionantes do parque, como os hoodoos, formações geológicas em forma de colunas Raul Touzon/ National Geographic Creative

Mais
18.fev.2016 - Malabaristas jogam lanças para o alto no palco durante uma ópera em Pequim, na China. O tradicional teatro chinês incorpora música, diálogos, dança e acrobacias Jonathan Kingston/National Geographic Creative

Mais
17.fev.2016 - Uma criança faz uma pose desafiadora no festival de ioga de Rishikesh, na Índia. A prática de ioga tem mais de 5 mil anos, e suas origens são do norte da Índia Peter McBride/National Geographic Creative

Mais
17.fev.2016 -Um dos muitos tetos ornamentados do Vaticano. Os museus da cidade têm trabalhos greco-romanos, etruscos, barrocos e renascentistas colecionados por papas Jill Schneider/National Geographic Creative

Mais
16.fev.2016 - Uma família senta para comer em sua tenda, conhecida com yourte. O yourte aparece na bandeira do Quirguistão e é uma habitação comum do país, com uma forma que complementa um estilo de vida nômade Frans Lanting/National Geographic Creative

Mais
16.fev.2016 - Uma caverna de Waitomo, na Nova Zelândia, dá um show com uma galáxia de vermes fluorescentes que ilumina o caminho dos visitantes Paul Zahl/National Geographic Creative

Mais
15.fev.2016 - Uma jovem coruja listrada empoleira-se numa árvore. Apesar de a ave ter um canto alto e facilmente identificável, pode viajar pelas florestas sem ser vista ou ouvida. A imagem foi registrada no Canadá Paul Colangelo/National Geographic Creative

Mais
15.fev.2016 - Uma caravana cruza as dunas esculpidas do deserto do Saara. A imagem icônica do Saara são as dunas do horizonte, mas a maior parte do deserto é de planaltos rochosos Carsten Peter/National Geographic Creative

Mais
12.fev.2016 - Mulheres viram as pimentas que estão secando em Jodhpur, na Índia. As pimentas vermelhas são colhidas e espalhadas para secar, então podem ser moídas até virar o pó que dá um toque especial a vários pratos indianos Shivji Joshi/National Geographic Creative

Mais
12.fev.2016 - Jovens em Hong Kong fazem a dança do dragão durante o Ano-Novo chinês. A celebração produz a maior migração do mundo, já que milhões voltam para casa para celebrar com suas famílias XPacifica/National Geographic Creative

Mais
10.fev.2016 - O tronco de um bambu denso cheio de pó e fibras. A floresta de bambu Sagano, em Kyoto, no Japão, é visual e auditivamente cativante; as plantas ?cantam? quando encostam umas nas outras Jason Edwards/National Geographic Creative

Mais
10.fev.2016 - Uma raposa-vermelha caminha na ilha russa Atlasov, no mar de Okhotsk. Raposas são altamente adaptáveis, sobrevivendo tanto em seu habitat como em ambientes com a interferência do homem Raul Touzon/National Geographic Creative

Mais
9.fev.2016 - Um homem festeja o carnaval na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro Chris Bickford/National Geographic Creative

Mais
9.fev.2016 - Planalto da ilha Darsah, no arquipélago de Socotorá, no Iêmen, onde dragoeiros crescem em bosques. A ilha é habitada por exóticas formas de vida devido ao clima quente e à ventania Michael Melford/National Geographic Creative

Mais
8.fev.2016 - Um apicultor cuida das colmeias em Utah, nos EUA. O declínio acentuado do setor fez crescer a preocupação já que os insetos são essenciais para a polinização Phil Schermeister/National Geographic Creative

Mais
8.fev.2016 - Um furão espia fora de sua toca ao pôr do sol. A espécie fica a maior parte do tempo sob a terra, mas à noite sai para caçar Michael Forsberg/National Geographic Creative

Mais
8.fev.2016 - As chuvas da primavera criam uma cachoeira rara no Parque Nacional Zion, nos EUA. Durante a época de chuvas, os cânions são rapidamente preenchidos pela água, causando enchentes que é melhor observar de longe Keith Ladzinski/ National Geographic Creative

Mais
8.fev.2016 - Um homem da etnia sherpa passa pelo acampamento 2 em Ama Dablam, uma montanha no Himalaia nepalês. O nome da montanha significa ?mãe e colar precioso?, porque as duas cristas e assemelham a braços que protegem um pingente Aaron Huey/National Geographic Creative

Mais
3.fev.2016 - Crianças fazem tapetes em uma fábrica no Cairo, Egito. O trabalho infantil é uma parte importante da força de produção egípcia, principalmente por causa da pobreza do país Karen Kasmauski/National Geographic Creative

Mais
3.fev.2016 - Uma mulher rala coco na ilha Tanimbar, na Indonésia. O país é o maior produtor da fruta Alison Wright/National Geographic Creative

Mais
1º.fev.2016 - Um velho pássaro. A arara-vermelha, ave nativa de vários países da América Central e do Sul, pode viver até 60 anos Alex Saberi/National Geographic Creative

Mais
1º.fev.2016 - O florescer de uma flor de lótus. A planta de água doce fecha as pétalas a noite e mergulha debaixo d?água. Existem cerca de cem espécies e as flores são suavemente perfumadas George Grall/National Geographic Creative

Mais
O céu é o limite. Uma mulher na Islândia observa a aurora boreal sobre o Atlântico Babak Tafreshi/National Geographic Creative

Mais
O caminho das delícias. Sementes de cacau da República Dominicana numa fábrica de chocolates. Os grãos são limpos, assados, descascados e moídos para produzir o licor e a pasta que são base dos produtos de chocolate Greg Dale/National Geographic Creative

Mais
Voando para o sul no inverno. A grande migração do ganso-das-neves sobre o rio Saint Francis, em Quebec, Canadá. Há mais desses animais na América do Norte do que qualquer outra ave aquática David Doubilet/National Geographic Creative

Mais
Viagem no tempo. A vista da parte antiga de Praga, na República Tcheca, que parece a mesma do séc. X Jill Schneider/National Geographic Creative

Mais
Todos juntos. Uma família de suricatas fica em alerta à entrada de sua toca. As suricatas fazem suas casas em tuneis com até 50 espécimes entre núcleo familiar e parentes Susan McConnell/National Geographic Creative

Mais
Ainda leva jeito. Uma mulher de 100 anos dança na própria festa de aniversário. Nos EUA, o número de centenários aumentou 40% desde 2000, e eles vivem mais do que nunca Gianluca Colla/National Geographic Creative

Mais
O show continua. Sabratha, um sítio arqueológico na costa da Líbia, que já foi um local de intenso comércio, abriga ainda um antigo teatro romano George Steinmetz/National Geographic Creative

Mais
Recém-nascidos! Um tratador embala gêmeos raros de ornitorrincos. Eles são mamíferos que põem ovos, e quando estão prestes a dar à luz, cavam tocas subterrâneas para proteger os bebês Jason Edwards/National Geographic Creative

Mais
Sobrevoando mares. Parapente sobrevoa a praia da ilha Bazaruto, em Moçambique. A Nasa, que desenvolveu a asa usada nos equipamentos modernos, ajudou a dar nome ao esporte Jody MacDonald/National Geographic Creative

Mais
Encruzilhada espiritual. O Domo da Rocha, em Jerusalém, é um dos mais antigos exemplos de arquitetura islâmica. Sua localização, no centro do monte do Templo, é significativo para judeus, cristãos e muçulmanos Martin Gray/National Geographic Creative

Mais
Farol na noite. O sol se põe atrás da Torre do Ouro, em Sevilha, na Espanha. A torre de observação militar tem este nome por conta das telhas douradas que a enfeitaram um dia Tino Soriano/National Geographic Creative

Mais
Um gafanhoto de floresta tropical pousa numa bromélia na Reserva Natural de Tiptuni, no Equador. Esta parte da Amazônia oferece uma amostra do que a floresta intocada pode parecer Tim Laman/National Geographic Creative

Mais
Recepção calorosa. Uma dançarina tradicional de Nang Keo em Luang Prabang, Laos. A dança clássica é feita por mulheres, geralmente para os visitantes quando chegam ao país Kike Calvo/National Geographic Creative

Mais
Sinta-se em casa. Petiscos e chá chai são servidos para convidados num lar afegão. Hospitalidade é parte da cultura do país, e hóspedes são considerados presentes de Deus AJ WIlhelm/National Geographic Creative

Mais
Solitário. Um panda vermelho caminha na floresta. A espécie calma e solitária geralmente é vista ao amanhecer e entardecer Sean Gallagher/National Geographic Creative

Mais
Desabrochar. A zínia é uma flor que desabrocha anualmente rapidamente. Sua cor brilhante favorece o uso na decoração da casa Robert Llewellyn/National Geographic Creative

Mais
O que o futuro reserva? Uma mulher recebe dicas sobre seu futuro de um adivinho no templo de A-Má, em Macau XPACIFICA/National Geographic Creative

Mais
Um lugar para descansar e explorar. Um pôr do sol rosa e avermelhado toma conta do céu na ilha Moorea, na Polinésia Francesa. A pitoresca variedade topográfica da ilha inclui montanhas vulcânicas e praias tranquilas Mike Theiss/National Geographic Creative

Mais
Um símbolo de identidade. Detalhe dos vestidos bordados maias. As cores e padrões usados nos tecidos maias remetem tradicionalmente às comunidades onde são produzidos Raul Touzon/National Geographic

Mais
Agradecendo. Um homem mostra sua afeição pelo camelo. O animal é usado para transporte, comércio e leite na Etiópia e região Tino Soriano/National Geographic Creative

Mais
Está tudo nos detalhes. Telhas de vidro adornam o Wat Phra Kaew, o mais sagrado dos templos budistas da Tailândia e casa do Buda de Esmeralda, esculpido em jade Keith Barraclough/National Geographic Creative

Mais
8.jan.2015 - Homens turcos lavam os pés antes de entrar na Yeni Cami, Mesquita Nova, em Istambul. O Alcorão diz que aqueles que querem ler suas páginas precisam estar limpo Ira Block/National Geographic Creative

Mais
8.jan.2016 - Uma marmita japonesa, ou bentô, geralmente tem uma refeição com carne ou peixe, vegetais e arroz numa embalagem para viagem. Macduff Everton/National Geographic Creative

Mais
Para se jogar. Cathedral Cove, na ilha norte da Nova Zelândia, é um destino ideal de férias para quem procura praias remotas e florestas tropicais Bill Hatcher/National Geographic Creative

Mais
Cruzando a cidade. Um homem carrega uma cesta na cabeça pela ponte Howrah, no centro de Calcutá, na Índia. A ponte em consola tem o maior tráfego de pessoas por dia no mundo do que qualquer outra do tipo Sean Gallagher/National Geographic Creative

Mais
5.jan.2015 - Fogos de artifício celebram a libertação de Kerch, na Criméia, da Alemanha nazista. Todos os anos, no dia 8 de maio, as pessoas homenageiam os soldados soviéticos mortos durante a Segunda Guerra Mundial Gerd Ludwig/National Geographic Creative

Mais
5.jan.2016 - Um lório arco-íris limpa suas penas. O papagaio de tamanho médio é nativo da Austrália e facilmente reconhecido por sua plumagem. Tim Laman/National Geographic Creative

Mais
Compras de Natal. Salsichas defumadas e carnes curadas num mercado de natal em Estocolmo. Com a aproximação das festas, os mercados de Natal pelo mundo vendem produtos artesanais e presentes para comer Lola Akinmade Åkerström/National Geographic Creative

Mais
Enterrada viva. Uma enguia sai da toca nas areias da Ilha Mabul, na Malásia. A enguia tropical é nativa do Indo-Pacífico, e pode passar a maior parte da vida adulta sob a areia Mauricio Handler/National Geographic Creative

Mais
Digno de um czar. Palácio de Catherine em Tsarskoye Selo, perto de São Petersburgo. Construído no estilo rococó, o local foi residência de veraneio da realeza russa Sisse Brimberg & Cotton Coulson/National Geographic Creative

Mais
Amanhecer na ilha. Momentos antes de amanhecer no horizonte da Ilha de São Miguel, Portugal. A ilha é parte do arquipélago dos Açores, que encanta turistas com as trilhas desafiadoras e esportes aquáticos Babak Tafreshi/National Geographic Creative

Mais
Trabalho sem ganho. Mulher trabalha na colheita de amendoins numa fazenda no Mali. Apesar da maioria da produção de alimentos estar nas mãos das mulheres, elas geralmente não veem os lucros do seu trabalho Jim Richardson/National Geographic Creative

Mais
Período de seca. Uma mulher da etnia Quechua pastoreia lhamas, alpacas e ovelhas de volta ao povoado nas montanhas do Peru. A seca nos Andes ameaça a segurança alimentar daqueles que vivem da terra Erika Skogg/National Geographic Creative

Mais
Símbolo de um país. O templo de Angkor Wat ao pôr do sol. Encomendado pelo império Khmer no século. 12, Angkor Wat é o mais conhecido dos templos cambojanos e estampa a bandeira nacional Martin Gray/National Geographic Creative

Mais
30.dez.2015 - Imagem do tornado vence concurso da National Geographic. James Smart/National Geographic

Mais
23.dez.2015 - Barraca de frutas num mercado local de Oruro, Bolívia. Mesmo com a maioria dos pratos bolivianos sendo feitos a base de milho, batata e arroz, o país cultiva grande variedade de frutas Mike Theiss/National Geographic Creative

Mais
23.dez.2015 - Pipas coloridas enchem o céu do Parque Haneul, em Seul, Coreia do Sul. O local era um aterro sanitário antes de ser recuperado e transformado em um dos melhores pontos de observação da capital coreana Jodi Cobb/National Geographic Creative

Mais
22.dez.2015 - Turistas observam Paris, na França, pelo icônico relógio do Museu de Orsay. O local era uma estação de trem, construído no século 19 num estilo conhecido como Beaux-Arts Steve Winter/National Geographic Creative

Mais
22.dez.2015 - Duas irmãs comem um grande algodão doce no parque Tivoli Gardens, em Copenhague, Dinamarca. O parque de diversões é um dos mais antigos do mundo, perdendo apenas para outro parque dinamarquês, o Dyrehavsbakke Gilbert M. Grosevenor/National Geographic Creativ

Mais
21.dez.2015 - Uma lula na península de Shiretoko, Japão. A área é Patrimônio Mundial da Unesco desde 2005, o que ajudou a proteger da extinção algumas espécies marinhas e terrestres Brian Skerry/National Geographic Creative

Mais
21.dez.2015 - Detalhe de uma anêmona marinha. Um predador nato, este animal é comumente achado junto a rochas perto do fundo do mar, esperando que os peixes cheguem perto o suficiente ara agarrá-los com seus tentáculos Tim Laman/National Geographic Creative

Mais
13.dez.2015 - A Sala Comprida (The Long Room) é o principal corredor da biblioteca de Trinity College, em Dublin, Irlanda. O local reúne o acervo mais antigo da biblioteca, a Old Library, com mais de 200 mil títulos. Enfileirados, no primeiro piso, estão bustos de mármore de grandes pensadores e autores de todos os tempos, como Aristóteles e William Shakespeare Chris Hill/National Geographic Creative

Mais
13.dez.2015 - Os homens são capazes dos feitos mais incríveis para conquistar sua amada? Claro que sim. A Casa Boroujerdi em Kashan, no Irã, foi construída no século 19 por Haj Seyyed Hassan Natanzi, que esperava conquistar sua noiva pela opulência Frans Lanting/National Geographic Creative

Mais
13.dez.2015 - Um filhote de foca-da-groenlândia (Pagophilus groenlandicus) repousa sobre bloco de gelo no Golfo de São Lourenço, no leste do Canadá. Quando crescer, terá entre 1,5 m e 2 m de comprimento e pesará mais ou menos 130 kg. A foca-da-groenlândia é conhecida por fazer viagens longuíssimas, de até 2,5 mil km Jennifer Hayes/National Geographic Creative

Mais
13.dez.2015 - A dança com fogo é uma das manifestações culturais originais da Polinésia Francesa, no Oceano Pacífico. Remete a práticas míticas ancestrais, anteriores ao domínio francês do território Tim Laman/National Geographic Creative

Mais
13.dez.2015 - O tubo de Pipeline, na Ilha Oahu, Costa Norte do Havaí, é considerado o mais perfeito do planeta. O fundo da praia, recoberto de recifes de coral, é a base da perfeição da ondulação, e também do perigo Paul Nicklen/National Geographic Creative

Mais
13.dez.2015 - Abaixo a gourmetização! Em Hanói, no Vietnã, o gostoso mesmo é comprar e comer o tradicional prato de "pho" (sopa de macarrão de arroz preparada com carne ou frango ou frutos do mar, legumes e tofu) de um bom vendedor de rua Jill Schneider/National Geographic Creative

Mais
13.dez.2015 - O templo do Erecteion, na acrópole de Atenas, na Grécia, comprova que os ideais de beleza e de ética da civilização grega antiga resistem ao tempo. O templo, erigido no século 5 a.C., é consagrado ao culto da deusa Atena, da sabedoria, e do deus Poseidon, do mar Lola Akinmade Åkerström/National Geographic Creative

Mais
11.dez.2015 - Um artesão afegão trabalha numa peça de vidro azul. Em Herat, onde a arte em vidro já foi tradicional, restam poucos artesãos Alex Treadway/National Geographic Creative

Mais
11.dez.2015 - Cueva de las Manos, ou "caverna das mãos", na Patagônia, Argentina. As pinturas que dão nome a este patrimônio mundial da Unesco têm cerca de 13 mil anos Alex Treadway/National Geographic Creative

Mais
9.dez.2015 - Visão aérea do Grand Prismatic Spring, no Parque Nacional de Yellowstone, EUA. Com 112 metros de largura e 36 metros de profundidade, é a maior fonte termal dos Estados Unidos e a terceira maior do mundo Tom Murphy/National Geographic Creative

Mais
A Ginkgo, uma árvore originária da China, é a única sobrevivente de uma família de plantas que precede os dinossauros. A árvore da imagem está em Maryland, EUA Brian Gordon Green/National Geographic Creativ

Mais
8.dez.2015 - Um avião sobrevoa o Boudhanath Stupa, em Katmandu, Nepal. Apesar de muitos monumentos terem sido destruídos no terremoto que atingiu a região em 2015, este templo budista resistiu sem grandes danos Aaron Huey/National Geographic Creative

Mais
7.dez.2015 - No período que antecede à Quaresma, as pessoas em Cusco, Peru, usam fantasias, cantam e dançam nas ruas no carnaval na Plaza de Armas. As festividades diurnas são seguidas de banquetes Erika Skogg/National Geographic Creative

Mais
7.dez.2015 - O durião é vendido num mercado em Cingapura, um dos maiores importadores do mundo. O fruto, nativo da Malásia e Indonésia, é conhecido pelo odor forte e desagradável Todd Gipstein/National Geographic Creative

Mais
3.dez.2015 - Pimentas e vegetais estão à venda em um dos mercados ao ar livre de Bancoc. Os grandes mercados tailandeses vendem tudo que os turistas e os locais podem querer Paul Chesley/National Geographic Creative

Mais
2.nov.2015 - A multidão caminha no bairro de Shinjuku, em Tóquio, pela noite. Além das cores dos neons, o local passa por um boom comercial e tem uma das estações de trem mais movimentadas do mundo Mike Theiss/National Geographic Creative

Mais
2.dez.2015 - Nuvens rosas e cirros se acumulam sobre os picos de granito no maciço de Fitz Roy, na Patagônia. A montanha, escalada pela primeira vez em 1952, ainda está entre as mais difíceis do mundo para os alpinistas John Eastcott e Yva Momatiuk/National Geographic Creativ

Mais
1º.nov.2015 - Prestes a explodir. O baiacu-de-espinhos pode armazenar água ou ar para inflar seu corpo e afastar os predadores Joel Sartore/National Geographic Creative

Mais
1º.nov.2015 - Lar, doce lar. Ou um show de hospitalidade berbere. Os berberes vivem em comunidades espalhadas pelo norte da África e representam uma cultura que luta por reconhecimento, apesar da contribuição para o turismo em Marrocos Bobby Model/National Geographic Creative

Mais
30.nov.2015 - Huskies siberianos puxam um trenó pelo território canadense de Yukon. O primeiro time de huskies siberianos, conhecidos pela resistência e velocidade, estreou em 1909 numa corrida no Alasca Nick Norman/National Geographic Creative

Mais
30.nov.2015 - Milhares de peregrinos circulam em Kaaba, estrutura central na mesquita de Masjid al-Haram, em Meca, na Arábia Saudita. Todos os anos, muitos muçulmanos fazem o hajj, ou a peregrinação à Mecca, para visitar a cidade sagrada Thomas J.Abercrombie/National Geographic Creative

Mais
26.nov.2015 - Um artista aborígene pinta no deserto australiano. As artes visuais são há muito tempo uma forma dos povos indígenas contarem suas histórias Frans Lanting/National Geographic Creative

Mais
25.nov.2015 - Garanhões correm livres em Nevada, EUA. Uma lei de 1971 permite que cavalos e burros pastem em terras públicas, mas superpopulações e danos ao recursos naturais levam alguns a desafiar essa proteção Randy Olson/National Geographic Creative

Mais
25.nov.2015 - Holi é o festival das cores da primavera, e nasce na tradição hindu. Entretanto, jogar pó colorido para marcar a mudança de estações se tornou uma prática tradicional no sudeste asiático. Jody MacDonald/National Geographic Creative

Mais
24.nov.2015 - As manhãs que têm chuvas e ventos de até 75 km por hora tendem a se transformar em tardes de sol às margens do rio Paine, no Chile. Entretanto, o tempo imprevisível faz pouco estrago na paisagem Maria Stenzel/National Geographic Creative

Mais
24.nov.2015 - A tartaruga almiscarada mexicana é consideravelmente maior que outros membros da família, medindo até 40 cm. As tartarugas são conhecidas pelo cheiro que o casco exala Joel Sartore/National Geographic Creative

Mais
23.nov.2015 - Uma caverna é explorada em Hang Ken, no Vietnã. Durante as monções, a caverna frequentemente está inundada, fazendo com que a exploração seja possível apenas durante a estiagem no país, quando as piscinas naturais estão rasas o bastante para andar por ela Carsten Peter/National Geographic Creativ

Mais
23.nov.2015 - Um corredor pula pelas rochas em Moab, Utah (EUA), onde há inúmeras trilhas. Correr por elas pode ajudar os atletas a melhorarem seu equilíbrio e ritmo, além satisfazer o desejo de aventura Bill Hatcher/National Geographic Creative

Mais
19.nov.2015 - Um homem testa uma roupa térmica perto do monte Nyiragongo, na República Democrática do Congo. Décadas de atividade interna impediram a erupção do vulcão, que é cercado por um lago de lava. Rocha derretida que escorreu do Nyiragongo até sua base, na cidade de Goma, destruiu casas e forçou moradores a fugirem, mas os cientistas creem que a maior erupção ainda está por vir Carsten Peter/National Geographic Creative

Mais
18.nov.2015 - Um meakambut usa flores em sua barba, uma das muitas formas deste povo nômade se identificar. Enquanto alguns se orgulham de sua cultura, outros creem que criar raízes em outro local pode oferecer uma qualidade de vida maior Amy Toensing/National Geographic Creative

Mais
18.nov.2015 - Um microbiologista recolhe amostras do solo para verificar se há micróbios no monte Érebo, um vulcão na Antártida. Os minúsculos organismos podem sobreviver nas altas e baixas temperaturas, fazendo do monte o habitat ideal Carsten Peter/National Geographic Creative

Mais
17.nov.2015 - As estátuas monolíticas restauradas conhecidas como moais observam Ahu Tongariki, a maior pedra cerimonial da ilha de Páscoa. Muitas das estátuas, criadas pelos Rapanui para homenagear seus ancestrais, foram destruídas durante a guerra civil na ilha Randy Olson/National Geographic Creative

Mais
17.nov.2015 - Um buraco abandonado num coral nas Ilhas Ogasawara, na costa do Japão, é a casa de um caranguejo eremita. Ao invés de sair da toca para procurar comida, ele usa as antenas para pescar da própria casa Brian Skerry/National Geographic Creative

Mais
16.nov.2015 - Um leão africano sobe numa árvore no Parque Nacional Rainha Elizabeth, em Uganda, para dormir. Os leões são os únicos felinos que vivem em grupo, e nos quais o orgulho permite que dividam o resultado da caça. Entretanto, as outras atividades podem ser bem solitárias Joel Sartore/National Geographic Creative

Mais
16.nov.2015 - Um iceberg com pinguins flutua no mar da Geórgia do Sul, uma ilha no território britânico. A ilha, que foi tomada por caçadores de focas e baleias no século 19, está voltando a ser um paraíso para mamíferos marinhos Paul Nicklen/National Geographic

Mais
13.nov.2015 - No "14º andar" de uma árvore de ?30 andares?, o cientista Steve Sillett (no centro) e sua equipe medem uma cavidade feita pelo fogo numa sequóia maciça no Parque Estadual Das Sequoias Vermelhas De Prairie Creek, Califórnia (EUA). Esta árvore já passou por dois incêndios e sobreviveu Michael Nichols/National Geographic Creative

Mais
12.nov.2015 - John Benson se movimenta por pontas estreitas na Reserva Natural Integral do Tsingy de Bemaraha, em Madagascar. Em malgaxe, as formações têm o nome de tsingy, que significa ?onde não se pode caminhar?. O terreno resiste a invasões de gado e caçadores e a incêndios Stephen Alvarez/National Geographic Creative

Mais
12.nov.2015 - A remota península de Kamchatka, na Rússia, tem uma das maiores migrações de salmão do Pacífico. Agora, o peixe precisa de ajuda. Pretendendo engordar para o inverno, o urso marrom espera o salmão no lago Kurile Randy Olson/National Geographic Creative

Mais
11.nov.2015 - Saindo do outro lado da Península Arábica, os camelos chegam a Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, para um concurso anual de beleza. Aqui, o tradicional animal de carga é uma estrela cheia de mimos. Os juízes procuram um pelo brilhante, um pescoço longo e corcovas simétricas Randy Olson/National Geographic Creative

Mais
11.nov.2015 - Reduto de reclusos, o monastério de Simonos Petras foi fundado em 1257, mais 250 m acima do mar Egeu. É um dos 20 monastérios do íngreme monte Athos, na Grécia, um popular destino de peregrinação, chamado muitas vezes de Tibete cristão Travis Dove/National Geographic Creative

Mais
10.nov.2015 - O mundo presta atenção à cidade que o escritor alemão Thomas Mann chamou de "meio conto de fadas, meio armadilha para estrangeiros". Para cada residente em Veneza, na Itália, centenas de turistas chegam todo ano em busca do charme da cidade. A maioria vai levar na memória a vista da Baía de San Marco. Outros vão lembrar da época da acqua alta Jodi Cobb/National Geographic Creative

Mais
10.nov.2015 - Um peixe-papagaio nada pela reserva marinha de Hol Chan, Belize. A espécie scarus guacamaia, o maior peixe herbívoro do Atlântico, passa por todo recife mesoamericano durante a vida. Enquanto jovem, procura proteção entre as raízes do mangue. Quando adulto, faz do recife sua casa, eventualmente de olho nos velhos predadores Brian Skerry/National Geographic Creative

Mais
6.nov.2015 - Legiões de aves marinhas cruzam o céu como flechas e fazem seus ninhos nas montanhas. Geralmente escondida pelas nuvens, o extremo norte da ilha Borery, na Escócioa, está a 384 m acima do mar. Sessenta mil pares de gansos-patola - a maior colônia do mundo - fazem seus ninhos nela Jim Richardson/National Geographic Creative

Mais
5.nov.2015 - Sob o pano, comerciantes usam gestos para negociar o kira jari, um fungo considerado afrodisíaco, no maior mercado da China para comercialização do valioso produto. Manter a negociação misteriosa é parte da tradição. O dinheiro é entregue da mesma forma Michael Yamashita/National Geographic Creative

Mais
5.nov.2015 - Nascidas na China, Gillian Shaw (à esquerda) e Lily MacLeod foram adotadas quando bebês por dois casais canadenses ? um caso raro de gêmeos sabidamente criados separadamente. As famílias se encontram regularmente, permitindo às garotas recuperarem o tempo perdido Jodi Cobb/National Geographic Creative

Mais
4.nov.2015 - Por cerca de 15 anos, o garanhão branco conhecido como Phantom pastou com seu bando por Dayton, Nevada (EUA). O Departamento de Agricultura do Estado tentou duas vezes realocá-los em um campo a 16 km de distância, mas sempre voltavam à cidade. Por fim, os moradores levantaram cerca de US$ 4 mil para levá-lo para o Santuário de Cavalos Selvagens da Califórnia, que aparece nesta imagem Melissa Farlow/National Geographic Creative

Mais
4.nov.2015 - Este vulcão a 3 mil metros de altitude é um dos mais ativos do planeta e um dos menos estudados, já que esta área da República Democrática do Congo esteve envolvida em guerras por muito tempo. A questão é: quando o Nyiragongo entrará em erupção? Carsten Peter/National Geographic Creative

Mais
3.nov.2015 - No remoto leste da Rússia, a terra ainda se move com as forças que criaram a península de Kamchatka, onde o vulcão Kronotsky, a 3.500 m de altitude, está acima de outros picos, tundras, pântanos e florestas Michael Medford/National Geographic Creative

Mais
3.nov.2015 - Com imagens da deusa-mãe trácia, essas duas caneleiras foram enterradas na tumba do rei Seuthes 3º, junto com seu capacete de bronze, uma couraça e uma espada de ferro. Famosos pela metalurgia, os trácios também fizeram caneleiras adornadas de prata e ouro. Homero citou o rei trácio na Ilíada: "Dourada era a armadura que trazia consigo, uma maravilha de se ver; não parecia ser suportável para os homens, mas feita para vestir os deuses?. Os artefatos pertencem ao museu de história de Iskra, Bulgária Kenneth Garrett/National Geographic Creative

Mais
28.out.2015 - A natureza oferece espetáculos que podem ser também estranhos, como o ritual de acasalamento dos machos da família Paradisaeidae ? aves do paraíso. Mexer a cabeça rápido faz com que o peito da ave vire uma luminosa propaganda de seus atrativos sexuais como esse exemplar visto na península de Vogelkopf, Indonésia Tim Laman/National Geographic Creative

Mais
28.out.2015 - Na colônia no mar congelado, na Antártida, pinguins-imperadores, pais e filhos, relaxam sob o breve sol de verão. A distância para o mar aberto varia de acordo com a estação; no inverno, as aves precisam cruzar quilômetros para encontrar comida Paul Nicklen/National Geographic Creative

Mais
27.out.2015 - Um peixe-palhaço aparece entre os tentáculos venenosos de uma anêmona, em Queensland, Austrália. A Grande Barreira de Corais, na costa australiana, abriga mais de 5.000 espécies de moluscos e 1.800 tipos de peixes, 125 tipos de tubarões e inúmeros micro-organismos David Doubilet/National Geographic Creative

Mais
27.out.2015 - Nas bases das montanhas nos Bálcãs perto da costa do mar Negro, jovens em roupas típicas participam de um antigo ritual de fertilidade um dia antes do Domingo de Ramos, o anterior a Páscoa, em Erketch, Bulgária. Para atrair sorte, saúde e boas colheitas, as meninas que estão chegando à idade de casamento dançam na vizinhança. Associada atualmente com São Lázaro, o homem que Jesus ressuscitou, esta festa tem raízes pagãs nos trácios Kenneth Garrett/National Geographic Creative

Mais
26.out.2015 - Tartarugas-de-couro lotam a areia desta praia ao luar em Grande Riviere, em Trinidad e Tobago. A areia banhada pelas águas facilita a eclosão dos ovos Brian J. Skerry/National Geographic Creative

Mais
26.out.2015 - Um tubarão-tigre caça em águas protegidas pelo governo, seguido de um cardume de vairões (pequena espécie de peixe), na Carolina do Norte (EUA) David Doubilet/National Geographic Creative

Mais
A riqueza da vida no arquipélago ártico da Noruega enfrenta o degelo. Alguns pedaços ainda suportam o peso de um urso, mas este jovem macho pula em um ambiente em mudanças, em Svalbard e Jan Mayen, Noruega Paul Nicklen/National Geographic Creative

Mais
19.out.2015 - Em uma cena gravada em um pequeno templo onde antes era Karnak, em Luxor, no Egito, Hatchepsut aparece atrás de seu marido, o faraó Tutmés 2º. Quando os escultores começam a decoração, a representaram como uma rainha. Entretanto, quando Turmés 2º morreu, e Hatchepsut obteve a coroa, ela mudou a mensagem do relevo: ele é divinizado e ela segura o cetro do faraó firmemente Kenneth Garrett/National Geographic Creative

Mais
19.out.2015 - A água produz sons quando a neve derrete na primavera e escorre pelo vale Rize, caindo por cataratas de um lago para outro. Com cerca de 7 m de altura, as quedas de Arrow Bamboo, na reserva natural de Jiuzhaigou, China, se estendem por mais de 150 m Michael Yamashita/National Geographic Creative

Mais
19.out.2015 - Um explorador desce pela primeira vez esta caverna em Indianápolis, EUA. Ao chegar ao fundo, ele dará um pequeno passo, mas que pode gerar grandes descobertas Stephen Alvarez/National Geographic Creative

Mais
19.out.2015 - Por muitos séculos a Bulgária, estrategicamente localizada entre a Ásia e Europa Ocidental, viu uma longa sucessão de invasores, conquistadores, soldados, viajantes, comerciantes e colonos. A atração exercida por objetos como a máscara maciça de ouro do século V, que representa um rei trácio, inspira escavadores legais e ilegais. Imagem cedida pelo Museu Lovech, Bulgária Kenneth Garrett/National Geographic Creative

Mais
19.out.2015 - Após uma erupção no Vale dos Gêiseres, em Kamchatka, Rússia, o vapor da água flui sobre rochas manchadas de algas e bactérias. Argila vulcânica, minerais na água e microorganismos nas cachoeiras e nascentes contribuem para a paleta de cores Michael Melford/National Geographic Creative

Mais
13.set.2015 - Em uma capela privada na cidade de Lo Manthang, um lama tibetano realiza um ritual com címbalos, percussão e incenso. O antigo Reino Mustang, no Nepal, já foi parte do grande Tibete e se mantém impregnado da cultura tibetana Cory Richards/National Geographic Creative

Mais
13.out.2015 - Chás chineses e cavalos tibetanos foram por muito tempo comercializados na lendária Rota do Chá. Sob o céu enfeitado com bandeirolas com significado religioso, um ator interpreta o guerreiro tibetano Rei Gesar em um festival no monastério de Shechen. O rei é considerado o pai do Tibete por seu papel como mediador de clãs rivais Michael Yamashita/National Geographic Creative

Mais
13.out.2015 - Para conquistar fêmeas exigentes, o pássaro Jardineiro age com confiança, canta e... decora. Em algumas espécies, somente os machos com melhores lares, como este Caramancheiro, na Nova Guiné Ocidental, têm sucesso em continuar a linhagem Tim Laman/National Geographic Creative

Mais
13.out.2015 - Um tigre tenta alcançar uma sacola de plástico amarrada a uma vara no enquanto turistas observam no controverso Templo dos Tigres, em Kanchanaburt, Tailândia. Os visitantes podem pagar para alimentar os filhotes com mamadeiras, andarem entre eles e posarem para fotos com animais acorrentados Steve Winter/National Geographic Creative

Mais
13.out.2015 - Com picos e fiordes esculpidos na geleira, o sul do Chile continua uma das regiões mais selvagens do planeta. O azul do gelo contrasta com o marrom dos musgos que formam suas colônias na rocha deixada para trás no recuo do glaciar Témpano, no Parque Nacional Bernardo O'Higgins, na Patagônia chilena Maria Stenzel/National Geographic Creative

Mais
13.out.2015 - Na estação de conservação em Queensland, Austrália, a cuidadora Anika Lehmann afirma que Talisa, uma coala fêmea resgatada, será devolvida a natureza Joel Sartore/National Geographic Creative

Mais
13.out.2015 - A torda-mergulheira (à direita) e o papagaio-do-mar (voando) encontram refúgio nas Ilhas de Shiant, na Escócia. Cerca de 8 mil tordas-mergulheiras e 200 mil papagaios-do-mar usam as ilhas como local de produção todos os anos Jim Richardson/National Geographic Creative

Mais
7.out.2015 - O concurso National Geographic Photo de 2015 está chegando ao fim e aqui estão algumas das fotos mais bonitas que concorrem ao prêmio. Essa é do abutre-fouveiro, conhecido como grifo, que foi tirada por Andres Lopez Andres Lopez/Concurso National Geographic Photo de 2015

Mais
7.out.2015 - As categorias oficiais deste ano são: 'Pessoas', 'Lugares' e 'Natureza'. Esta foto tirada por Matej Lancic's mostra refugiados em um trem na Macedônia, a caminho da Alemanha Matej Lancic's/Concurso National Geographic Photo de 2015

Mais
7.out.2015 - "O efeito é totalmente natural, mas definitivamente surreal quando os compostos do rio Santa Fé se misturam com a água enquanto Lesley Gamble começa seu mergulho na fonte Devil's Ear, no norte da Flórida", disse John Moran, autor dessa foto John Moran/Concurso National Geographic Photo de 2015

Mais
7.out.2015 - Jonathan Zdziarski conseguiu flagrar o momento que a aurora boreal apareceu na montanha Kirkjufell, em Grundarfjortur, na Islândia Jonathan Zdziarski/Concurso National Geographic Photo de 2015

Mais
7.out.2015 - Uma mulher caminha por gramado na foto tirada por Hideyuki Katagiri Hideyuki Katagiri/Concurso National Geographic Photo de 2015

Mais
7.out.2015 - Giorgos Doukanaris fotografou um pescador puxando sua rede em Larnaca, no Chipre Giorgos Doukanaris/Concurso National Geographic Photo de 2015

Mais
"Moradores chamam esta formação de 'pedras cantantes', porque o contato do vento com elas produz um barulho tipo assobio", disse o fotógrafo Alexey Kharitonov. "No verão de 2015, a Unesco reconheceu os pilares do rio Sinyaya, na Rússia, como parte do patrimônio histórico mundial no Lena Pillars Nature Park" Alexey Kharitonov/Concurso National Geographic Photo de 2015

Mais
7.out.2015 - Sho Shibata flagrou um verdadeiro 'espetáculo' nesta foto tirada em Aomori, no Japão Sho Shibata/Concurso National Geographic Photo de 2015

Mais
7.out.2015 - Esta foto de uma zebra foi tirada por Marco Tagliarino no Etosha National Park, Namíbia, e chamada de "O olhar da natureza" Marco Tagliarino/Concurso National Geographic Photo de 2015

Mais
7.out.2015 - Takashi Nakagawa esperou o momento perfeito para conseguir esta foto na mesquista de Ben Youssef, em Marrakech, no Marrocos Takashi Nakagawa/Concurso National Geographic Photo de 2015

Mais
7.out.2015 - Dois passageiros de um cruzeiro aproveitam a vista no Glacier Bay National Park, no Alasca, nessa foto de Jeffrey Allen. O concurso do National Geographic vai até 16 de novembro de 2015 Yasmin Mund/Concurso National Geographic Photo de 2015

Mais
7.out.2015 - "Eu cheguei na minha casa em Varanasi às 5h30 e instintivamente subi os sete lances de escada até o telhado para ver o nascer do sol no famoso rio Ganges", disse a indiana Yasmin Mund Jeffrey Allen/Concurso National Geographic Photo de 2015

Mais
5.out.2015 - Uma antiga estátua Moai observa a noite estrelada. "As estátuas andaram!", diziam os moradores da Ilha de Páscoa. Arqueólogos ainda tentam entender como --e se a fábula era uma advertência de desastre ambiental ou celebração da perspicácia humana Randy Olson/National Geographic Creative

Mais