Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/bbc/2016/04/26/imagens-da-zona-de-exclusao-de-tchernobil-30-anos-apos-desastre-nuclear.htm
  • totalImagens: 8
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20160426095133
    • Chernobyl [12107]; Aplicativo notícias [55626]; Internacional [35978];
Fotos

Pelo menos 116 mil pessoas foram evacuadas às pressas da cidade de Pripyat. Trinta anos depois da explosão de um de seus reatores, em 26 de abril de 1986, uma zona de exclusão ainda vigora ao redor da usina nuclear de Tchernóbil, na Ucrânia - então, uma das repúblicas da antiga União Soviética Jerzy Wierzbicki/BBC Mais

Ivan e Maria Semeniuk estão jantando em sua casa, no vilarejo de Parishev, a 20 km da usina. Quando houve o acidente, eles foram evacuados, e as autoridades disseram que poderiam voltar três dias depois. Mas o casal desconfiou do prazo. Colocou alguns pertences em seu velho carro e dirigiu para outro vilarejo, Borodianka Jerzy Wierzbicki/BBC Mais

O dosímetro registrou essa leitura perto da cidade de Pripyat, hoje abandonada, próximo a equipamento usado nas operações de emergência em 1986 Jerzy Wierzbicki/BBC Mais

O teto da casamata do Reator 4 explodiu por volta de 01h30 da manhã em 26 de abril de 1986 e Pripyat permanece do jeito que estava. O consultório médico, no Centro Médico 26, completo com vidros de remédios e vacinas, está deserto Jerzy Wierzbicki/BBC Mais

Retrato de Lênin no chão de um apartamento em Pripyat. Pelo menos 116 mil pessoas foram evacuadas às pressas da cidade de Pripyat. Trinta anos depois da explosão de um de seus reatores, em 26 de abril de 1986, uma zona de exclusão ainda vigora ao redor da usina nuclear de Tchernóbil, na Ucrânia - então, uma das repúblicas da antiga União Soviética Jerzy Wierzbicki/BBC Mais

Floresta invadiu ruas de cidade fantasma. Pelo menos 116 mil pessoas foram evacuadas às pressas da cidade de Pripyat. Trinta anos depois da explosão de um de seus reatores, em 26 de abril de 1986, uma zona de exclusão ainda vigora ao redor da usina nuclear de Tchernóbil, na Ucrânia - então, uma das repúblicas da antiga União Soviética Jerzy Wierzbicki/BBC Mais

Uma grande instalação militar foi construída na região, como parte dos esforços de proteção da usina. Seu símbolo é a antena de radar Duga-3. Mas a base foi fechada três anos após o acidente Jerzy Wierzbicki/BBC Mais

Coletar objetos na zona de exclusão é expressamente proibido, em especial as máscaras de gás usadas pelos trabalhadores conhecidos como liquidatários - que trabalharam nas operações de resgate Jerzy Wierzbicki/BBC Mais

Imagens da zona de exclusão de Tchernóbil 30 anos após desastre nuclear BBC

Últimos álbuns de Notícias

UOL Cursos Online

Todos os cursos