Informações sobre o álbums
  • editoria:Geral
  • galeria: Plebiscito no Pará
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/plebiscitogeraldaviagem_album.htm
  • totalImagens: 150
  • fotoInicial: 117
  • imagePath: http://n.i.uol.com.br/ultnot/album/
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20120110023345
    • Divisão do Pará [53218];
    • Pará [5296]; Norte [53621];
Fotos
<strong>Tapajós - </strong>A cidade de Belterra preserva a caixa d`água e a sirene que marcava os horários dos seringueiros na época em que a Ford comandava o local Rodrigo Bertolotto/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Um dos dois shopping centers em construção na cidade de Marabá Guilherme Balza/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Um dos dois shopping centers em construção na cidade de Marabá Guilherme Balza/UOL Mais
<strong>Tapajós - </strong>Na orla de Santarém, garota usa calça jeans com adesivo pró-Tapajós colado no bolso Rodrigo Bertolotto/UOL Mais
<strong>Tapajós - </strong>Pescador se limpa no porto de Santarém, na região do Tapajós Rodrigo Bertolotto/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Marabaenses participam de procissão em homenagem a São Felix de Valois, padroeiro da cidade, no bairro Marabá Pioneira Diego Mattera/UOL Mais
<strong>Tapajós - </strong>Mulher descansa diante de sua casa, cujo modelo foi projetado pela multinacional norte-americana Ford, em Belterra Rodrigo Bertolotto/UOL Mais
<strong>Tapajós - </strong>Cabanas em Pindobal, praia de areias brancas e águas verdes e doces no rio Tapajós onde há um projeto de porto para escoar a produção de grãos do Centro-Oeste Rodrigo Bertolotto/UOL Mais
<strong>Tapajós - </strong>Pacajá é outra fruta regional que está em temporada na região de Tapajós Rodrigo Bertolotto/UOL Mais
<strong>Tapajós - </strong>Praça de Santarém exibe escultura que reproduz o estilo das cerâmicas tapajoaras, produzida pelos índios locais Rodrigo Bertolotto/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Núcleo onde moram os funcionários de alto escalão da Vale, na Serra de Carajás, em Parauapebas, a poucos quilômetros da maior mina de ferro a céu aberto do mundo. Com zoológico, cinema, teatro, restaurantes, clube, entre outros equipamentos, o núcleo destoa das cidades ao redor Guilherme Balza/UOL Mais
<strong>Tapajós - </strong>Banca exibe pescados frescos em feira na orla de Santarém Rodrigo Bertolotto/UOL Mais
<strong>Tapajós - </strong>No Mercadão 2000, em Santarém, banca vende farinha de peixe usada na culinária local Rodrigo Bertolotto/UOL Mais
<strong>Tapajós - </strong>Casa projetada para receber Henry Ford, fundador da montadora de carros, em Belterra, cidade paraense que sediava fazenda de seringueiras da multinacional norte-americana na primeira metade do século 20 Rodrigo Bertolotto/UOL Mais
<strong>Tapajós - </strong>Monumento aos seringueiros adorna praça de Belterra, município que fará parte do Estado de Tapajós caso a divisão territorial seja aprovada Rodrigo Bertolotto/UOL Mais
<strong>Tapajós - </strong>Garotas tomam sol nas areias de Alter do Chão, principal destino turístico da região de Tapajós Rodrigo Bertolotto/UOL Mais
<strong>Tapajós - </strong>Uma cena típica da região amazônica: mulher anda de bicicleta segurando sombrinha para se proteger do sol equatorial, em Belterra Rodrigo Bertolotto/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Esgoto a céu aberto em bairro da periferia de Marabá, onde a maioria da população não tem acesso à rede de esgoto Guilherme Balza/UOL Mais
<strong>Tapajós - </strong>Placa na saída de Santarém mostra as distâncias da cidade candidata à capital de Tapajós em relação a outras cidades brasileiras. Foto tirada em trecho da Santarém-Cuiabá, que não tem asfalto em grande parte de seu trajeto Rodrigo Bertolotto/UOL Mais
<strong>Tapajós - </strong>A porta do gabinete do vereador Reginaldo Campos, de Santarém, mostra adesivo de apoio à emancipação de Tapajós Rodrigo Bertolotto/UOL Mais
<strong>Tapajós - </strong>A vida noturna de Santarém tem noitada que mistura forró com Facebook, com direito a uma banda chamada Pai D`Égua, expressão muito usada em todo o Pará e que quer dizer 'muito bom' Rodrigo Bertolotto/UOL Mais
<strong>Tapajós - </strong>Casal namora ao lado de estátua que homenageia a escultura tapajoara, uma das mais ricas do Brasil pré-cabralino Rodrigo Bertolotto/UOL Mais
<strong>Tapajós - </strong>No centro de memória de Belterra estão vários crachás de metal usados pelos trabalhadores da Ford nos seringais locais que produziam a borracha para os pneus dos carros norte-americanos Rodrigo Bertolotto/UOL Mais
<strong>Tapajós - </strong>Em Santarém, comerciante oferece polpas congeladas de frutas típicas da região amazônica Rodrigo Bertolotto/UOL Mais
<strong>Tapajós - </strong>Arqueólogo escava campo de futebol de Santarém em busca de objetos da cultura tapajoara Rodrigo Bertolotto/UOL Mais
<strong>Tapajós - </strong>Barraca de feira oferece muruci, fruta típica usada em sucos, doces e sorvetes Rodrigo Bertolotto/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Em Marabá e nas cidades vizinhas, é comum ver caminhonetes adesivadas com material de campanha pró-divisão do Pará Diego Mattera/UOL Mais
<strong>Tapajós - </strong>Praticantes da gaymada (queimada para gays) posam para foto antes de jogo em quadra de Santarém Rodrigo Bertolotto/UOL Mais
<strong>Tapajós - </strong>Menino brinca sobre escultura de boto na orla de Santarém, que fica à beira do rio Tapajós Rodrigo Bertolotto/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Missa em homenagem a São Felix de Valois, padroeiro da cidade de Marabá Diego Mattera/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Delegacia de Conflitos Agrários em Marabá; a região é a campeã no país em mortes no campo Guilherme Balza/UOL Mais
<strong>Tapajós - </strong>Jornais de Santarém acompanham a campanha do plebiscito sobre a divisão do Pará Rodrigo Bertolotto/UOL Mais
<strong>Tapajós - </strong>Restaurante da vila praiera de Alter do Chão oferece porção de bolinho de piracuí, com peixe da região de Tapajós Rodrigo Bertolotto/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Sede do Águia de Marabá, o principal time de futebol da região de Carajás, profissionalizado em 1999 Guilherme Balza/UOL Mais
<strong>Tapajós - </strong>Peixeiros esperam compradores para seus pescados em feira do setor à beira do rio Tapajós, em Santarém Rodrigo Bertolotto/UOL Mais
<strong>Tapajós - </strong>Na vila turística de Alter do Chão, turistas relaxam com os pés no rio Tapajós Rodrigo Bertolotto/UOL Mais
<strong>Tapajós - </strong>Faixa na orla de Altamira mostra as opções noturnas na cidade que fica à beira do rio Xingu Rodrigo Bertolotto/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Ato de apoio à criação do Estado do Carajás no bairro da Liberdade, periferia de Marabá. A passeata foi convocada pelo Facebook Guilherme Balza/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Crianças na aldeia indígena Gavião Kyikategê, que fica na terra indígena Mãe Maria, no município de Bom Jesus do Tocantins Guilherme Balza/UOL Mais
<strong>Tapajós - </strong>Ao centro, a prefeita de Altamira, Odileida Sampaio (PSDB), posa em seu gabinete com a camiseta flamenguista ao lado de vereadoras de sua base política Rodrigo Bertolotto/UOL Mais
<strong>Tapajós - </strong>O tucumã, fruto amazônico, é vendido em bolsas no Mercadão 2000, no centro de Santarém Rodrigo Bertolotto/UOL Mais
<strong>Tapajós - </strong>No centro cultural de Santarém, vitrine exibe peça da cerâmica tapajoara, uma das mais elaboradas dos povos indígenas brasileiros Rodrigo Bertolotto/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Uma das poucas casas de luxo em Marabá Guilherme Balza/UOL Mais
<strong>Belém - </strong>Tuna Luso investe na base para tentar sobreviver. Time será "bom e barato" em 2012, diz dirigente Carlos Madeiro/UOL Mais
<strong>Belém - </strong>Loja no centro de Belém expõe três bandeiras do Pará, símbolo antisseparatista Carlos Madeiro/UOL Mais
<strong>Tapajós - </strong>Casarão com azulejos portugueses em ruínas no centro de Santarém, com direito a colagem de cartazes de show sobre a relíquia histórica Rodrigo Bertolotto/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Comunidade ribeirinha Vila do Espírito Santo, às margens do rio Tocantins, em Marabá; a vila será afetada pela construção da hidrelétrica de Marabá Guilherme Balza/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Moradora mostra o esgoto que cai diretamente no rio Tocantins, em Marabá Diego Mattera/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Jogadores do Gavião Kyikategê, considerado o primeiro time de futebol indígena do mundo. Na imagem estão jogadores da equipe profissional e das categorias de base Guilherme Balza/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Integrantes da Força Nacional de Segurança desembarcam no aeroporto de Marabá. Os militares atuarão em várias cidades da região no combate à violência no campo Guilherme Balza/UOL Mais
<strong>Belém - </strong>Adesivo a favor da divisão em Belém. Foi o único visto pela reportagem em sete dias na capital Carlos Madeiro/UOL Mais
<strong>Belém - </strong>Menos tradicional, a agremiação esportiva Tuna Luso tem a melhor estrutura para sócios de Belém, com parque aquático e área de lazer Carlos Madeiro/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Ponte sobre o rio Tocantins, por onde passa a BR-222 e a Estrada de Ferro Carajás, operada pela Vale Diego Mattera/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Aeroporto de Marabá, de onde saem, em média, cinco voos diários Guilherme Balza/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Marabaenses participam de procissão em homenagem a São Felix de Valois, padroeiro da cidade, no bairro Marabá Pioneira Diego Mattera/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Monumento em homenagem aos 19 sem-terra mortos no massacre de Eldorado do Carajás, em 17 de abril de 1996, na localidade conhecida como "Curva do S", às margens da PA-150 Guilherme Balza/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Trem carregado de minério de ferro na área da Vale, na Serra dos Carajás, município de Parauapebas Guilherme Balza/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Mina explorada pela Vale na Serra dos Carajás, no município de Parauapebas; a mina de ferro é a maior do mundo a céu aberto Diego Mattera/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Ex-ditador brasileiro dá nome a Vila Militar em Marabá. A cidade foi uma das bases do Exército na repressão à Guerrilha do Araguaia na segunda metade da década de 1960 Diego Mattera/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Rio Tocantins, em Marabá; ao longo da orla há dezenas de saídas de esgoto, despejado direto no rio Guilherme Balza/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Esgoto a céu aberto no bairro da Paz, periferia de Marabá, onde a maioria da população não tem acesso à rede de esgoto Guilherme Balza/UOL Mais
<strong> Carajás - </strong>Trem vindo do Maranhão lotado de passageiros para na estação de Marabá Guilherme Balza/UOL Mais
<strong>Belém - </strong>Casa na periferia de Belém expõe bandeirinha do Pará, símbolo antisseparatista Carlos Madeiro/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Estrada de Ferro Carajás, operada pela Vale, corta bairro de Marabá; segundo moradores, os acidentes na região são comuns Diego Mattera/UOL Mais
<strong>Belém - </strong>Entrada da emergência do Hospital Pronto-Socorro Mário Pinotti, o maior de Belém. Segundo atendentes, o local está sempre superlotado Carlos Madeiro/UOL Mais
<strong>Belém - </strong>Loja no centro de Belém expõe bandeira do Pará, símbolo antisseparatista Carlos Madeiro/UOL Mais
<strong>Belém - </strong>Apresentação de música tradicional em Belém Diego Mattera/UOL Mais
<strong>Belém - </strong>Balada de tecnobrega em Belém Diego Mattera/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Filhos de acampados do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) posam para foto em acampamento montado há quatro anos na fazenda Maria Bonita, em Eldorado do Carajás. A fazenda é de propriedade do grupo Agro Santa Bárbara, que tem como um dos donos o Banco Opportunity, de Daniel Dantas Diego Mattera/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Vítima do massacre de Eldorado do Carajás, Raimundo Gouveia concede entrevista em sua casa no assentamento 17 de abril, em Eldorado do Carajás Diego Mattera/UOL Mais
<strong>Belém - </strong>Estádio da Curuzu, do Paysandu. Time tenta há cinco anos deixar a Série C do Brasileirão Carlos Madeiro/UOL Mais
<strong>Belém - </strong>Fachada do jornal "O Liberal", no centro de Belém Carlos Madeiro/UOL Mais
<strong>Belém - </strong>Entrada de veículos do clube do Remo, no Estádio Baenão; time vive pior crise da história Carlos Madeiro/UOL Mais
Gramado e arquibancada bem cuidados no estádio Baenão, do Remo, que vive pior crise de sua história Carlos Madeiro/UOL Mais
<strong>Belém - </strong>Baía de Guajará, na Estação das Docas. Local é um dos principais pontos turísticos de Belém Carlos Madeiro/UOL Mais
<strong>Belém - </strong>Apresentação de música tradicional em Belém Diego Mattera/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Gado na fazenda Maria Bonita, que pertence ao Banco Opportunity, em Eldorado do Carajás Diego Mattera/UOL Mais
<strong>Belém - </strong>Fila da recepção do Pronto-Socorro Mário Pinotti, o maior de Belém; população reclama do atendimento Carlos Madeiro/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Ruralistas se reúnem na sede do Sindicato Rural de Marabá para acompanhar a apuração das eleições para a entidade. Os produtores rurais estão entre os principais defensores da criação do Estado do Carajás Diego Mattera/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Ex-ditador brasileiro dá nome a Vila Militar em Marabá. A cidade foi uma das bases do Exército na repressão à Guerrilha do Araguaia na segunda metade da década de 1960 Diego Mattera/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Trecho da Transamazônica em Itupiranga; há poucos quilômetros de asfalto ao longo da rodovia, que corta os Estados do Maranhão, Pará e Amazonas Guilherme Balza/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Monumento em homenagem aos 19 sem-terra mortos no massacre de Eldorado do Carajás, em 17 de abril de 1996, na localidade conhecida como "Curva do S", às margens da PA-150; os troncos queimados de castanheiras representam as vítimas Diego Mattera/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Região de comércio no bairro Marabá Pioneira, em Marabá Diego Mattera/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Bairro conhecido como km 10, na periferia de Marabá, cortado pela Estrada de Ferro Carajás, operada pela Vale; segundo os moradores, o bairro foi erguido há cerca de três anos, após uma série de ocupações Guilherme Balza/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Uma das poucas casas de luxo de Marabá Guilherme Balza/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Buraco na rodovia PA-150, na saída de Marabá em direção ao sul do Pará; a rodovia atravessa o Estado de norte a sul Diego Mattera/UOL Mais
<strong>Belém - </strong>Embarcações no porto de Belém. No barco, em detalhe, compradora leva geladeira nova para casa Carlos Madeiro/UOL Mais
<strong>Belém - </strong>Defensoras da divisão do Pará fazem campanha em Belém Diego Mattera/UOL Mais
<strong>Belém - </strong>Adesivo do "Não" em ônibus circula pelas ruas de Belém Carlos Madeiro/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Ex-ditador brasileiro dá nome a Vila Militar em Marabá. A cidade foi uma das bases do Exército na repressão à Guerrilha do Araguaia na segunda metade da década de 1960 Diego Mattera/UOL Mais
<strong>Belém - </strong>Mototáxis tomam conta da periferia de Belém Carlos Madeiro/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Buracos na rodovia PA-150, que atravessa o Estado de norte a sul Diego Mattera/UOL Mais
<strong>Belém - </strong>Passageiros aguardam para embarcar no porto de Belém Diego Mattera/UOL Mais
<strong>Carajás - </strong>Centro de controle operacional da Vale, em Parauapebas Diego Mattera/UOL Mais
<strong>Belém - </strong>Símbolos antisseparatistas, artigos com a estampa da bandeira do Pará são comercializados em Belém Carlos Madeiro/UOL Mais
<strong>Belém - </strong>Na favela Santa Rosa, moradores reclamam do lixo Carlos Madeiro/UOL Mais
<strong>Belém - </strong>Adesivo do "Não e Não" é comum em carros em Belém Carlos Madeiro/UOL Mais
<strong>Belém - </strong>Ponto de embarque e desembarque de pescadores na baía de Guajará; local está tomado por lixo e urubus Carlos Madeiro/UOL Mais
<strong>Belém -</strong>Trio elétrico passa em carreata pelas ruas do centro da capital paraense para pedir o voto pelo não no plebiscito de divisão do Pará Tarso Sarraf/Folhapress Mais
<strong>Belém </strong>O deputado estadual João Salame (PPS), que é o presidente da frente Pró-Carajás, recebe orientações do marqueteiro Duda Mendonça durante debate televisivo sobre o plebiscito Antonio Cícero/Fotoarena Mais
<strong>Belém - </strong>Manifestantes contrários e a favor da divisão do Pará se concentram na entrada da TV RBA durante o debate com os presidentes das frentes do plebiscito Antonio Cícero/Fotoarena Mais
<strong>Belém - </strong>Funcionária do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) cola nome da seção em escola da capital paraense Tarso Sarraf/Folhapress Mais
<strong>Belém - </strong>No tradicional mercado Ver-o-Peso, centro da cidade, o presidente da frente contra a divisão do Estado Celso Sabino distribui panfletos e puxa passeata nesta sexta, último dia de campanha antes do plebiscito Tarso Sarraf/Folhapress Mais
<strong>Belém - </strong>Leila Bastos Neves, simpatizante dos separatistas, anda pela cidade todos os dias com seu carro para tentar convencer os eleitores. O plebiscito pela divisao do estado do Para acontece neste domingo Adriano Vizoni/Folhapress Mais
<strong>Belém - </strong>Fachada da casa de simpatizante do separatismo ostenta faixa publicitária Adriano Vizoni/Folhapress Mais
<strong>Santarém - </strong>Garota distribui adesivo do movimento de emancipação de Tapajós Adriano Vizoni/Folhapress Mais
<strong>Santarém - </strong>Simpatizante do movimento separatista, Odete Costa mostra as unhas pintadas em favor da criação dos Estados de Tapajós e Carajás Adriano Vizoni/Folhapress Mais
<strong>Santarém - </strong>Bandeira separatista é hasteada na avenida Cuiabá Adriano Vizoni/Folhapress Mais
<b>10.dez.2011</b> - Funcionários do Tribunal Regional Eleitoral transportam as urnas que serão levadas para as seções eleitorais, em Belém Tarso Sarraf /AE Mais
<b>10.dez.2011</b> - Manifestantes realizam uma passeata pelas ruas de Belém contra a divisão do Estado do Pará Tamara Saré/Futura Press/AE Mais
<b>10.dez.2011</b> - Manifestantes realizam uma passeata pelas ruas de Belém contra a divisão do Estado do Pará Tamara Saré/Futura Press/AE Mais
<b>10.dez.2011</b> - A última carreata pelo SIM ocorre na cidade de Marabá Adriano Vizoni/Folhapress Mais
<b>10.dez.2011</b> - Na véspera do plebiscito, eleitores protestam pelas ruas de Belém contra a divisão do Estado do Pará Lucivaldo Sena/ UOL Mais
<b>10.dez.2011</b> - Na véspera do plebiscito, eleitores protestam pelas ruas de Belém contra a divisão do Estado do Pará Lucivaldo Sena/ UOL Mais
<b>10.dez.2011</b> - Na véspera do plebiscito, eleitores protestam pelas ruas de Belém contra a divisão do Estado do Pará Lucivaldo Sena/ UOL Mais
<b>10.dez.2011</b> - Na véspera do plebiscito, eleitores protestam pelas ruas de Belém contra a divisão do Estado do Pará Lucivaldo Sena/ UOL Mais
<b>11.dez.2011</b> - Paraenses fazem fila em Belém para votar no plebiscito que pode decidir sobre a divisão do Estado do Pará Tarso Sarraf /AE Mais
<b>11.dez.2011</b> - Paraenses fazem fila em Belém para votar no plebiscito que pode decidir sobre a divisão do Estado do Pará Tarso Sarraf /AE Mais
<b>11.dez.2011</b> - Paraenses começam a votar no plebiscito que pode decidir sobre a divisão do Estado do Pará Tarso Sarraf /AE Mais
<b>11.dez.2011</b> - Em Santarém, paraenses conferem o título eleitoral minutos antes do início da votação do plebiscito sobre a divisão do Estado do Pará Miguel Oliveira/ UOL Mais
<b>11.dez.2011</b> - A prefeita de Santarém, Maria do Carmo Martins Lima, chegou às 9h30min ao colégio Santa Clara para votar no plebiscito que vai decidir sobre a divisão do Estado do Pará Miguel Oliveira/ UOL Mais
<b>11.dez.2011</b> - Paraenses fazem fila em Belém para votar no plebiscito que pode decidir sobre a divisão do Estado do Pará Lucivaldo Sena/ UOL Mais
<b>11.dez.2011</b> - Paraense protesta em fila em Belém para votar no plebiscito que pode decidir sobre a divisão do Estado do Pará Lucivaldo Sena/ UOL Mais
<b>11.dez.2011</b> - Paraenses votam em Belém no plebiscito que pode decidir sobre a divisão do Estado do Pará Lucivaldo Sena/ UOL Mais
<b>11.dez.2011</b> - Panfletos de propaganda do plebiscito sobre a divisão do Pará foram apreendidos na manhã deste domingo em Belém. De acordo com o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do Pará, tratava-se da distribuição irregular de propaganda tanto da frente contra a divisão como da frente a favor Lucivaldo Sena/ UOL Mais
<b>11.dez.2011</b> - Paraense vota em colégio eleitoral de Belém com camiseta a favor da divisão do Estado do Pará Lucivaldo Sena/ UOL Mais
<b>11.dez.2011</b> - Bandeira contra a divisão do Estado do Pará é hasteada em um barco, em Belém Lucivaldo Sena/ UOL Mais
<b>11.dez.2011</b> - Paraense se prepara para votar no plebiscito sobre a divisão do Pará Lucivaldo Sena/ UOL Mais
<b>11.dez.2011</b> - Deputado federal Lira Maia (DEM), presidente da Frente Sim Tapajós, votou na escola João XXIII, na comunidade Cipoal, no planalto de Santarém Miguel Oliveira/ UOL Mais
<b>11.dez.2011</b> - Em Marabá, eleitor procura seção de votação durante plebiscito que decide a criação de mais dois Estados a partir da divisão do Pará Evangelista Rocha/UOL Mais
<b>11.dez.2011</b> - Na Universidade do Estado do Pará, eleitores enfrentaram filas para votar no plebiscito Evangelista Rocha/UOL Mais
<b>11.dez.2011</b> - Na Universidade do Estado do Pará, agentes da Polícia Federal observam eleitores durante votação no plebiscito Evangelista Rocha/UOL Mais
<b>11.dez.2011</b> - Em Marabá, homem leva filha à cabine de votação no plebiscito que decide se o Pará será dividido para a criação de mais dois Estados Evangelista Rocha/UOL Mais
<b>11.dez.2011</b> - O governador do Pará Simão Jatene vota durante plebiscito, neste domingo (11), em Belém. Na saída, ele evocou a ''união'' dos cidadãos. Os paraenses decidem em consulta popular se o Estado será dividido em mais duas unidades Tarso Sarraf/Folhapress Mais
<b>11.dez.2011</b> - Soldados do exército vigiam posto de votação em Marabá, principal município da região de Carajás Adriano Vizoni/Folhapress Mais
<b>11.dez.2011</b> - O ministro Ricardo Lewandowski, presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) anda pelo centro que será usado para a apuração de votos do plebiscito Tarso Sarraf/Folhapress Mais
<b>11.dez.2011</b> - Urnas eletrônicas chegam ao centro de apuração em Belém no plebiscito que rejeitou a criação dos Estados de Carajás e Tapajós a partir do território paraense Tarso Sarraf/Folhapress Mais
<b>11.dez.2011</b> - O deputado federal Zenaldo Coutinho, presidente da frente contra a criação de Carajás, dá entrevista após o resultado da vitória de seu grupo no plebiscito do Pará Tarso Sarraf/Folhapress Mais
<b>11.dez.2011</b> - Na região das docas de Belém, família comemora a vitória do "não" no plebiscito que propunha a criação dos Estados de Tapajós e Carajás a partir do território paraense. A população da capital e entorno foi majoritariamente contrária a divisão do Pará Raimundo Pacco/Folhapress Mais
<b>11.dez.2011</b> - No centro de apuração de Belém, capital do Estado, militantes contrários a divisão do Pará festejam resultado das urnas no plebiscito deste domingo Tarso Sarraf/Folhapress Mais
<b>11.dez.2011</b> - Os parlamentares Zenaldo Coutinho e Celso Sabino, que ficaram à frente das frentes contrárias à divisão do Pará, celebram a vitória do "não" no plebiscito de divisão do Estado Tarso Sarraf/Folhapress Mais
<b>11.dez.2011</b> - Ao som do carimbó, tecnobrega e do hino do Estado do Pará, eleitores de Belém festejam o resultado do plebiscito Lucivaldo Sena/UOL Mais
<b>11.dez.2011</b> - Ao som do carimbó, tecnobrega e do hino do Estado do Pará, eleitores de Belém festejam o resultado do plebiscito Lucivaldo Sena/UOL Mais
<b>11.dez.2011</b> - Ao som do carimbó, tecnobrega e do hino do Estado do Pará, eleitores de Belém festejam o resultado do plebiscito Lucivaldo Sena/UOL Mais
<b>11.dez.2011</b> - Ao som do carimbó, tecnobrega e do hino do Estado do Pará, eleitores de Belém festejam o resultado do plebiscito Lucivaldo Sena/UOL Mais
<b>11.dez.2011</b> - Belenenses comemoram nas ruas a vitória do "não" no plebiscito que consultou a população paraense sobre a divisão do Pará em três, com a criação de Tapajós e Carajás Paulo Santos/Reuters Mais
<b>11.dez.2011</b> - Belenenses comemoram nas ruas a vitória do "não" no plebiscito que consultou a população paraense sobre a divisão do Pará em três, com a criação de Tapajós e Carajás Paulo Santos/Reuters Mais
<b>11.dez.2011</b> - Belenenses festejam a rejeição da divisão do Pará no plebiscito deste domingo Paulo Santos/Reuters Mais
<b>11.dez.2011</b> - Belenenses festejam a rejeição da divisão do Pará no plebiscito deste domingo Paulo Santos/Reuters Mais
<b>11.dez.2011</b> - Belenenses festejam a rejeição da divisão do Pará no plebiscito deste domingo Raimundo Pacco/Folhapress Mais

Plebiscito no Pará

Mais álbuns de UOL Notícias x

Veja mais: Enquete: você é a favor ou contra a divisão? , Números dos três possíveis novos Estados , Conheça as principais mudanças no mapa brasileiro

Últimos álbuns de Notícias

UOL Cursos Online

Todos os cursos