UOL Notícias Notícias
 

06/12/2005 - 17h33

Alemão processa CIA por maus-tratos no Afeganistão

da BBC, em Londres
A ONG American Civil Liberties Union anunciou nesta terça-feira que está iniciando processo contra a CIA (Agência de Inteligência Americana) em nome de um cidadão da Alemanha que diz ter sido raptado pela agência em 2003 quando estava em férias na Macedônia e levado de avião para o Afeganistão para ser interrogado.
Khaled Al-Masri, um cidadão alemão nascido no Líbano, diz que ficou preso no Afeganistão por cinco meses e que foi maltratado neste período. O processo aberto pela ONG é contra o ex-diretor da CIA, George Tenet, e outras autoridades americanas.

O caso de Al-Masri foi discutido em Berlim durante encontro da secretária de Estado americana, Condoleezza Rice, com a chanceler alemã, Angela Merkel.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h57

    0,09
    3,336
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,84
    61.272,22
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host