UOL Notícias Notícias
 

22/12/2005 - 14h46

Não há evidência de que Saddam foi torturado, diz promotor

da BBC, em Londres
O promotor que preparou o caso contra Saddam Hussein disse nesta quinta-feira que “não há evidências&?8221; de que ele sofreu tortura na prisão.
Segundo Raid Juhi, nem o ex-presidente nem seus advogados fizeram qualquer reclamação sobre tortura antes das declarações de Saddam na corte.

Além disso, o promotor afirmou que ninguém da equipe de investigação ou da prisão viu qualquer marca de espancamento no ex-líder, como ele alegou. Saddam afirmou que as marcas de espancamento foram documentadas por pelo menos duas &?8220;equipes americanas&?8221;.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -1,13
    3,302
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    1,80
    62.188,09
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host