UOL Notícias Notícias
 

31/12/2005 - 19h11

Afirmação de ex-vice-presidente causam indignação na Síria

da BBC, em Londres
Parlamentares sírios pediram neste sábado que um ex-vice-presidente do país que vive no exílio, seja processado por traição devido a alegações que fez contra o presidente Bashar Al-Assad, implicando o presidente num atentado no Líbano.
O ex-vice-presidente Abdul Halim Khaddam disse que Assad fez ameaças contra o ex-primeiro-ministro libanês Rafik Hariri meses antes de ele morrer na explosão de uma bomba em Beirute, em fevereiro.

Hariri era um conhecido político contrário ao envolvimento da Síria no Líbano, e as ameaças seriam no sentido de fazê-lo aceitar a influência síria.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,11
    3,339
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,30
    61.087,14
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host