UOL Notícias Notícias
 

13/01/2006 - 03h52

Exame mostra que cérebro de Sharon está livre de sangramento

da BBC, em Londres
Um exame no cérebro do primeiro-ministro israelense Ariel Sharon mostrou que não há sinal do sangramento que que causou o derrame que levou o primeiro-ministro de volta ao hospital em estado grave.
Um tubo, usado para drenar o excesso de líquido de sua cabeça, foi removido, segundo os médicos do hospital Hadassah, em Jerusalém.

Em uma declaração divulgada na sexta-feira, o hospital afirma que o estado de Sharon continua sem alterações, e uma avaliação neurológica deve ocorrer ainda na sexta-feira.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    11h49

    0,25
    3,341
    Outras moedas
  • Bovespa

    11h50

    0,72
    61.200,56
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host