UOL Notícias Notícias
 

29/01/2006 - 14h42

Policiais 'falsificaram provas', diz jornal

da BBC, em Londres
Policiais que vigiavam o eletricista Jean Charles de Menezes, morto em julho passado por agentes britânicos que o confundiram com um terrorista, teriam falsificado provas para ocultar erros que acabaram levando à morte do brasileiro, segundo informações divulgadas pelo jornal britânico News of the World no sábado.
O jornal diz que um oficial que vigiava Jean Charles teria informado, por engano, que o brasileiro era Hussein Osman, de 27 anos, acusado de conspiração para assassinato ligado às tentativas frustradas de atentados à bomba em Londres no dia 21 de julho de 2005.

Mas depois que o erro - que acabou dando início à série de eventos e trocas de informações que resultaram na morte de Jean Charles - foi constatado, houve uma tentativa de alterar o conteúdo do livros de registros, que documenta as ações dos policiais.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    15h09

    0,76
    3,132
    Outras moedas
  • Bovespa

    15h12

    -0,15
    63.755,20
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host