UOL Notícias Notícias
 

02/02/2006 - 18h44

Líder dinamarquês pede desculpa por charge de Maomé

da BBC, em Londres
O primeiro-ministro da Dinamarca, Anders Fogh Rasmussen, deu entrevista à rede de TV árabe al-Arabiya, numa tentativa de conter os protestos no mundo islâmico contra seu país iniciados após a publicação num diário dinamarquês de caricaturas associando Maomé ao terrorismo.
Rasmussen novamente pediu desculpas aos que se sentiram ofendidos, mas repetiu que seu governo não é responsável pelo que é publicado nos jornais.

"Fiz um forte apelo a todos na Dinamarca para que, embora esta disputa possa alimentar sentimentos intensos, todos assumam a responsabilidade para assegurar cooperação pacífica na Dinamarca", declarou o primeiro-ministro.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,97
    3,127
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,99
    64.389,02
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host