UOL Notícias Notícias
 

02/02/2006 - 14h47

Países islâmicos fazem mais críticas a charge de Maomé

da BBC, em Londres
Os governos de vários países cuja população é de maioria islâmica criticaram nesta quinta-feira a publicação, por jornais europeus, de uma charge considerada ofensiva ao profeta Maomé.
O presidente do Egito, Hosni Mubarak, advertiu que a decisão de alguns jornais de publicar as charges pode "encorajar terroristas".

O presidente do Afeganistão, Hamid Karzai, qualificou as imagens como um insulto aos muçulmanos do mundo.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,18
    3,096
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,86
    63.521,34
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host