UOL Notícias Notícias
 

08/02/2006 - 03h21

ONU e UE pedem calma a muçulmanos

da BBC, em Londres
Autoridades da Organização das Nações Unidas (ONU) e da União Européia, além um grupo muçulmano pediram calma à comunidade islâmica internacional devido aos protestos em vários países contra a publicação de charges satirizando o profeta Maomé.
O secretário-geral da ONU, Kofi Annan, chamou as charges de ofensivas, mas também afirmou que está alarmado com a reação violenta no mundo todo.

O primeiro-ministro da Dinamarca, onde as charges foram publicadas pela primeira vez, afirmou que o incidente levou a uma "crise global".



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    1,30
    3,231
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h20

    -1,28
    75.413,13
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host