UOL Notícias Notícias
 

13/02/2006 - 10h46

Ex-vice presidente é julgado por estupro na África do Sul

da BBC, em Londres
O juiz que deveria presidir o julgamento do ex-vice-presidente sul-africano, Jacob Zuma, pediu o afastamento do caso depois de que os advogados de defesa levantaram suspeitas de que ele poderia ter preconceitos contra o acusado.

Zuma, demitido do cargo no ano passado após acusações de corrupção, está sendo julgado por estupro.

No primeiro dia do julgamento, que atraiu uma multidão à porta da Suprema Corte, em Joanesburgo, o juiz Bernard Ngoepe disse concordar com o afastamento, para preservar a credibilidade da corte.

Os advogados de Zuma alegaram que o juiz tinha expedido mandados de busca contra o acusado, nas acusações de corrupção.

Imprecedente

Esta é a primeira vez em que um político de alto escalão é processado por crimes sérios na África do Sul.

Zuma é um veterano do ANC (Congresso Nacional Africano), partido de Nelson Mandela, que lutou contra o regime do apartheid.

O político chegou a ser cogitado como candidato para suceder Thabo Mbeki.

Zuma continua como vice-presidente do ANC, sem funções executivas, embora sua carreira política pareça ter chegado ao fim.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h57

    0,09
    3,336
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,84
    61.272,22
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host