UOL Notícias Notícias
 

20/02/2006 - 09h07

Historiador que negou holocausto diz que 'errou'

da BBC, em Londres
O historiador britânico David Irving se declarou culpado das acusações de que teria negado o holocausto, no primeiro dia de seu julgamento em Viena, na Áustria.
Ele foi detido em novembro passado no sul do país, por causa de uma entrevista concedida em 1989, na qual negava a existência de câmaras de gás no campo de Auschwitz. Negar o holocausto é crime na Áustria e na Alemanha.

Irving disse ter "mudado de opinião", e reconheceu ter sido um erro ter contestado a existência das câmaras de gás e a morte de milhões de judeus na 2ª Guerra Mundial.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,12
    3,169
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h20

    -0,90
    76.201,25
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host