UOL Notícias Notícias
 

02/03/2006 - 14h05

Comissão italiana acusa ex-URSS por atentado ao papa

da BBC, em Londres
Uma comissão parlamentar italiana acusou nesta quinta-feira a antiga União Soviética pela tentativa de assassinato contra o papa João Paulo 2º em 1981.
O presidente da comissão, Paolo Guzzanti, disse que o grupo acredita, sem margem para dúvidas, que as autoridades soviéticas deram ordens ao seu serviço secreto para matá-lo.

A comissão disse que o então papa representava uma ameaça ao bloco soviético por causa de seu apoio ao movimento anti-comunista Solidariedade em sua Polônia nativa.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    09h39

    0,58
    3,135
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,37
    65.528,29
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host