UOL Notícias Notícias
 

10/03/2006 - 02h36

Médicos de sete países condenam Guantánamo

da BBC, em Londres
Mais de 250 médicos especialistas assinaram uma carta condenando os Estados Unidos por forçar a alimentação de prisioneiros em greve de fome na Baía de Guantánamo.
Os especialistas afirmaram que médicos na prisão militar precisam respeitar o direito dos detidos de recusar o tratamento.

A carta, publicada na revista científica The Lancet, afirma que médicos que usaram métodos de contenção e alimentação forçada para os prisioneiros deveriam ser punidos por órgãos representantes da categoria.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    -0,12
    3,165
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h22

    0,51
    76.591,09
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host