UOL Notícias Notícias
 

23/03/2006 - 13h52

Sonia Gandhi renuncia ao Parlamento indiano

da BBC, em Londres
A líder do partido governista da Índia, Sonia Gandhi, renunciou nesta quinta-feira ao seu cargo no Parlamento do país depois de ser acusada de quebrar a lei por receber salários de duas fontes públicas.
A Constituição indiana não permite que parlamentares recebam salários por mais de um cargo público, a menos que o Parlamento aprove casos excepcionais.

No caso de Sonia Gandhi, ela também era membro do Conselho Nacional Consultivo – um órgão público criado para ser, segundo a definição em seu website, uma interface entre o governo e a população.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h49

    0,11
    3,339
    Outras moedas
  • Bovespa

    11h00

    -0,32
    61.075,32
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host