UOL Notícias Notícias
 

26/03/2006 - 09h59

Relatos de insanidade forçam revisão de caso de afegão

da BBC, em Londres
Um juiz do Afeganistão decidiu neste domingo reavaliar o caso de um afegão que pode ser executado por se converter ao cristianismo por causa de relatos de que ele está mentalmente perturbado.
Na lei islâmica, um muçulmano pode ser condenado à morte por abandonar a sua fé (acusação conhecida como apostasia).

O porta-voz da Suprema Corte, Wakil Omari, disse à agência de notícias Associated Press que os relatos de insanidade partiram de familiares de Abdul Rahman.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    09h29

    0,36
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,37
    65.528,29
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host