UOL Notícias Notícias
 

03/04/2006 - 08h09

Pobres defendem perdão de dívidas latino-americanas

da BBC, em Londres
Os cinco países mais pobres da América Latina devem usar o encontro do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), que começa nesta segunda-feira em Belo Horizonte, para defender a proposta dos Estados Unidos de perdoar a sua dívida externa, de US$ 3,5 bilhões (R$ 7,5 bilhões).
O presidente boliviano, Evo Morales, é um dos chefes de Estado que está no Brasil para o encontro e deve defender o perdão, ao lado de representantes do Haiti, Nicarágua, Guiana e de Honduras, os outros beneficiados.

"Isto tem que ser discutido e negociado porque a questão é: 'Quem vai ser responsável em termos financeiros?'", disse o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, à agência AP.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,18
    3,096
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,86
    63.521,34
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host