UOL Notícias Notícias
 

14/05/2006 - 06h41

Israel reafirma lei que impede residência de casais palestino-israelenses

da BBC, em Londres
A Suprema Corte de Israel rejeitou, por uma estreita margem de votos, a retirada de uma lei que impede palestinos da Cisjordânia de morar em Israel com seus cônjuges árabes israelenses e seus filhos.
Por seis votos a cinco, a corte recusou petições trazidas por grupos de defesa dos direitos civis, membros do Parlamento israelense e várias famílias, que alegam que a lei é racista e discriminatória, além de violar o direito a uma vida familiar.

Mas o governo israelense diz que a vitória do grupo militante Hamas nas eleições de janeiro apenas reforça seu argumento de que os palestinos "representam um risco para a segurança de Israel" e não podem ser autorizados a entrar no país.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h49

    -0,10
    3,170
    Outras moedas
  • Bovespa

    16h57

    -0,83
    76.250,39
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host