UOL Notícias Notícias
 

26/06/2006 - 23h51

EUA dizem que não negociarão com líder islamista na Somália

da BBC, em Londres
O governo dos Estados Unidos disse nesta segunda-feira que não vai lidar com o homem que deverá ser confirmado como o novo líder de uma milícia islamista dominante na Somália, xeque Hassan Dahir Aweys.
O nome de Aweys, que assumirá o conselho do grupo União das Cortes Islâmicas, está em uma lista americana de terroristas e foi acusado de trabalhar com a rede extremista Al-Qaeda.

Mas um porta-voz do Departamento de Estado, Sean McCormack, disse que o governo não descartou a possibilidade de trabalhar com a União das Cortes Islâmicas da Somália como um todo.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    15h09

    0,76
    3,132
    Outras moedas
  • Bovespa

    15h19

    -0,21
    63.717,11
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host