UOL Notícias Notícias
 

30/06/2006 - 19h03

Argentina de ressaca por mais uma eliminação

da BBC, em Londres
Os argentinos completam vinte anos de ressaca sem levar para casa o troféu da Copa do Mundo e tentando entender porque não chega a hora da vitória.

“Estamos parecendo o Brasil quando deixou de ter Pelé e também demorou para voltar a ganhar um Mundial&?8221;, disse o jornalista Claudio Cerviño, da sessão de esportes do jornal La Nación.

&?8220;A Argentina da época de Maradona passou a ser uma das favoritas no mundo, mas existem outros times preferidos. Primeiro o Brasil, que tem cinco troféus, e ainda Alemanha e Itália&?8221;, conformou-se.

A Argentina venceu o Mundial de 78 em casa e depois a Copa de 1986, no México, com o polêmico gol da &?8220;mão de Deus&?8221; de Diego Armando Maradona.

Desde então, larga entre os favoritos, mas acaba "morrendo na praia".

Derrotas

Em 90, perdeu a final para a mesma Alemanha que derrotara em 86.

Em 94, a seleção argentina começou embalada e logo foi apontada como a melhor da Copa. Mas a suspensão de Maradona por uso de dopping desarticulou o time que foi derrotado pela Romênia.

Em 98 a Argentina foi eliminada pela Holanda nas quartas-de-final e em 2002, o time não passou da primeira fase.

A tristeza e decepção eram visíveis, nesta sexta-feira, entre torcedores de diferentes idades.

Desânimo

Mas o desânimo parecia ainda maior entre os mais jovens. Aqueles que ainda não viram o país vencer uma Copa do Mundo.

Foi o caso de Noé Nicolás Castillo, de 17 anos, fã de Maradona e torcedor do Velez, Noé e a mãe, a doméstica Mercedes Aranda, de 50 anos, deixaram pronto um boneco com a camiseta argentina recheado de fogos de artíficio.

"Eu não estava animada porque esperava mais uma derrota. Mas meu filho tinha tantas esperanças de ver a Argentina na final&?8221;, disse ela.

Rouco de tanto gritar durante a partida, o vendedor de flores Luis Brando, de 23 anos, era outro inconformado. &?8220;Sou peruano, mas vivo aqui há dez anos e meu sonho era ver a Argentina vencer essa Copa&?8221;, disse. &?8220;Agora, é esperar a próxima&?8221;.

Tristeza

Assim que o jogo terminou, o jogador Carlos Tevez disse à emissora de TV argentina, canal 9, que não entende porque a seleção do seu país não leva o troféu. &?8220;Não dá prá entender. Jogamos bem, fizemos tudo, mas nada&?8221;, afirmou.

&?8220;São coisas do futebol. Fazer o que? Agora, é só tristeza&?8221;, disse o jogador Javier Mascherano à emissora TN (Todo Noticias), ainda com olhos marejados.

No fim da cobrança de pênaltis, com o time já eliminado, os comentaristas argentinos de rádio e de TV questionaram a decisão do técnico Jose Pekerman de tirar Riquelme da partida e ainda o fato de ele não ter escalado Lionel Messi.

Mas no fim do dia enquanto alguns torcedores (maioria com menos de vinte anos) gritavam &?8220;Argentina&?8221;, em volta do Obelisco, símbolo no centro de Buenos Aires, os comentários já eram mais amenos. &?8220;É preciso ver que a Argentina lutou, jogou, teve garra, mas não deu. Fica prá próxima&?8221;, afirmou o apresentador da TN.

Nesta Copa, diferente do que ocorreu em 2002, os torcedores só passaram a ter esperanças depois da vitória da seleção argentina de 6 a 0 contra o time da Sérvia e Montenegro.

Só então, bandeiras do país foram penduradas nas janelas das casas, nos táxis e ônibus.

Nesta sexta-feira, muitos tentavam se conformar. &?8220;Que azar o meu de comandar um programa com mulheres depois da seleção ser eliminada da Copa&?8221;, disse o apresentador Horacio Kabac, que todas as tardes comanda um programa com mulheres na TV América.

Uma de suas convidadas disse, sob apoio das demais, que não faz diferença vencer agora ou tentar novamente daqui a quatro anos. &?8220;Já esperamos tanto. Quatro anos mais não mudam nada&?8221;, disse uma delas. &?8220;Só vocês mesmo, mulheres, para não entenderem que dia difícil para nós, torcedores&?8221;, brincou ele.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,13
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,51
    63.760,94
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host