UOL Notícias Notícias
 

30/06/2006 - 14h32

Não há avanços na OMC, diz Amorim em Genebra

da BBC, em Londres
Dois dias de negociações na reunião da Organização Mundial do Comércio (OMC) em Genebra fizeram pouco pela liberalização do comércio mundial, disse nesta sexta-feira o chanceler brasileiro Celso Amorim.

“Nada me faz crer que houve algum progresso significativo até agora&?8221;, disse ele em uma entrevista coletiva.

O ministro abriu a conversa destacando que havia convocado os repórteres na esperança de transmitir alguma boa notícia.

&?8220;Não há nada de novo, embora discutamos em uma atmosfera positiva."

Ponto morto

A reunião engatou o ponto morto apesar do alerta feito na manhã desta sexta-feira pelo diretor-geral da OMC, Pascal Lamy.

&?8220;Se nós não mudarmos nossas posições radicalmente nas próximas horas ou dias, estaremos francamente diante de uma crise&?8221;, ele afirmou.

Para Lamy, o fracasso das negociações em Genebra é um golpe não apenas na OMC como instituição, mas no próprio sistema multilateral.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,44
    3,190
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h21

    0,14
    76.390,52
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host