UOL Notícias Notícias
 

24/07/2006 - 18h49

Bolívia deve esperar eleições para pressionar Brasil, sugere ministro

da BBC, em Londres
A Bolívia deve esperar até depois das eleições presidenciais brasileiras para pressionar o país a aceitar o aumento dos preços do gás natural.
Pelo menos é isso o que sugere, em entrevista ao jornal boliviano La Prensa, o ministro do Planejamento da Bolívia, Carlos Villegas.

Ele afirmou que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva está evitando negociar preços com a Bolívia porque foi "alvo de duras críticas do setor conservador brasileiro", que achava que Lula tinha sido benevolente com a Bolívia depois da nacionalização dos hidrocarbonetos.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    1,30
    3,231
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h20

    -1,28
    75.413,13
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host