UOL Notícias Notícias
 

05/08/2006 - 11h29

Sentença histórica condena policial da ditadura argentina

da BBC, em Londres
Um tribunal na Argentina condenou um ex-policial a 25 anos de prisão em conexão com violação de direitos humanos durante os governos militares das décadas de 70 e 80 no país, na primeira sentença desde o fim da lei de anistia contra ex-agentes do governo.
Julio Simón, conhecido como "Turco Julián", foi preso por seu envolvimento no desaparecimento de um casal - o chileno José Poblete e sua mulher, Gertrudis Hlaczik - e seqüestro de seu bebê em 1978.

A filha do casal, Cláudia, tem hoje 28 anos. Há seis anos, ao ter descoberto a própria origem, ela vem realizando uma campanha para a punição dos culpados.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    1,36
    3,138
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,01
    63.530,78
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host