UOL Notícias Notícias
 

05/08/2006 - 14h33

Tribunal recusa recontagem total de votos no México

da BBC, em Londres
O Instituto Federal Eleitoral do México descartou neste sábado uma recontagem manual de todos os votos das eleições de 2 de julho, que vem sendo pedida pelo candidato derrotado, o esquerdista Andrés Manuel López Obrador.
Mas a autoridade eleitoral ordenou uma recontagem parcial das urnas: 11.839 de um total de mais de 130 mil terão de ser reavaliadas.

Os sete magistrados realizaram neste sábado a sua primeira sessão pública, despertando expectativas nos mexicanos, em particular os milhares de militantes de López Obrador, do Partido Revolucionário Democrático (PRD), que passaram a semana acampados nas principais ruas do centro da cidade do México.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,45
    3,141
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,39
    64.684,18
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host