UOL Notícias Notícias
 

15/08/2006 - 09h18

Visita de Koizumi a santuário de guerra causa revolta

da BBC, em Londres
O primeiro-ministro do Japão, Junichiro Koizumi, provocou protestos ao visitar um polêmico santuário em Tóquio que homenageia mortos da Segunda Guerra Mundial.
Entre os 2,5 milhões de pessoas mortas na guerra homenageadas no santuário Yasukuni estão 14 criminosos condenados.

Esta foi a sexta visita de Koizumi ao local durante seu mandato como premiê, mas foi a primeira realizada no aniversário da rendição japonesa na Segunda Guerra Mundial.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,75
    3,173
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h21

    -0,13
    76.891,84
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host