UOL Notícias Notícias
 

16/08/2006 - 08h31

Oposição eleva tom dos protestos no México

da BBC, em Londres
Mais de um mês após as eleições presidenciais mexicanas, o candidato esquerdista Andrés López Obrador, segundo colocado na contagem oficial de votos, ameaça inviabilizar politicamente o eventual governo do conservador Felipe Calderón caso a Justiça não altere o resultado do pleito.
Obrador recusa-se a admitir a derrota e vem elevando o tom de seus protestos à espera da decisão da Justiça sobre a eleição presidencial.

O Tribunal Federal Eleitoral mexicano tem até o dia 31 de agosto para divulgar o resultado de uma recontagem parcial de votos.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,12
    3,169
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h20

    -0,90
    76.201,25
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host