UOL Notícias Notícias
 

17/08/2006 - 07h08

Procurador pede indiciamento de Humala no Peru

da BBC, em Londres
O procurador do município de Tocache, na Amazônia peruana, pediu à Justiça do país que abra um processo contra o líder oposicionista Ollanta Humala, derrotado nas eleições presidenciais de 4 de junho.
As acusações de tortura, assassinato e desaparição remontam à época em que Humala comandava a base militar de Madre Mia, entre 1992 e 1993, durante o auge da luta contra a guerrilha maoísta Sendero Luminoso.

Há 14 anos, o casal Benigno Sullca e Natividad Ávila foi levado para a base, junto com o irmão de Natividad, Jorge, relata o procurador no pedido de abertura de processo encaminhado à Justiça.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    11h29

    0,36
    3,201
    Outras moedas
  • Bovespa

    11h38

    -0,47
    76.033,22
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host