UOL Últimas NotíciasUOL Últimas Notícias
UOL BUSCA


 

17/08/2006 - 07h39
TV age como analgésico para crianças, diz estudo

da BBC, em Londres

Assistir televisão pode funcionar como um analgésico para as crianças, segundo uma pesquisa italiana publicada pela revista científica Archives of Disease in Childhood.

Os pesquisadores da Universidade de Siena estudaram o nível de dor relatado por 69 crianças entre 7 e 12 anos enquanto elas tinham sangue coletado.

Algumas eram distraídas pelas mães durante o procedimento, algumas não tinham nenhuma distração e outras assistiam a desenhos animados na TV.

Aqueles que assistiam televisão relataram ter sentido menos dor, segundo o estudo.

Sem anestesia

As 69 crianças analisadas foram divididas aleatoriamente em três grupos para ter seu sangue coletado.

Nenhuma criança recebeu qualquer forma de anestesia.

Após o sangue ter sido coletado, as crianças e suas mães avaliaram os níveis de dor verificados.

As crianças que não tiveram nenhum tipo de distração registraram níveis de dor cerca de três vezes maior do que aquelas que assistiram desenhos animados.

Mesmo as tentativas das mães de prover distração, acalmando ou acariciando as crianças, por exemplo, não conseguiram atingir o mesmo efeito que a TV.

Tolerância

Os resultados sugerem que não somente assistir TV reduziu os níveis de dor, mas também aumentou a tolerância das crianças à dor que elas registravam.

Os pesquisadores dizem que não ficou claro se a explicação principal era o fator de distração da televisão ou o envolvimento emocional das mães prejudicando suas tentativas de ajudar seus filhos.

“O nível mais alto de dor relatado pelas crianças durante os esforços das mães para distraí-las mostra as dificuldades que as mães têm em interagir positivamente em um momento difícil para seus filhos”, diz o artigo dos pesquisadores.

“Isso não significa que a presença das mães é negativa: apesar de não reduzir a dor, isso faz com que as crianças lembrem que não estavam sozinhas em uma ocasião difícil”, continua o artigo.

“Crianças que estão sofrendo dor durante um tratamento de saúde claramente precisam da presença de apoio dos pais para ajudá-las a enfrentar a situação. De fato, as crianças dizem que tê-los presentes dá o maior nível de conforto quando têm dor.”

O pesquisador Carlo Bellieni disse que assistir televisão pode simplesmente desviar a atenção, mas também é possível que o prazer que isso gera estimule a liberação de hormônios chamados endorfinas, que agem como analgésicos naturais.

Segundo ele, os serviços de saúde deveriam considerar usar a televisão para reduzir o sofrimento das crianças durante pequenos procedimentos que causam dor.

ÍNDICE DA BBC BRASIL   IMPRIMIR   ENVIE POR E-MAIL

Folha Online
Reforma visual da Folha facilita a leitura; conheça as mudanças
UOL Esporte
Após fiasco de público, CBF reduz preços de ingressos para partida
UOL Economia
Bovespa reduz ritmo de perdas
perto do fim dos negócios

UOL Tecnologia
Fãs do iPhone promovem encontro no Brasil; veja mais
UOL Notícias
Chuvas deixam quatro mortos e afetam mais de 4 mil no Paraná
UOL Vestibular
Cotista tem nota parecida com de não-cotista aponta Unifesp
UOL Televisão
Nova novela da Record terá máfia e Gabriel Braga Nunes como protagonista
UOL Música
Radiohead entra em estúdio para trabalhar em disco novo
UOL Diversão & Arte
Escritor indiano Aravind Adiga ganha o Booker Prize
UOL Cinema
Novo filme dos irmãos
Coen tem maior bilheteria nos EUA