UOL Notícias Notícias
 

01/09/2006 - 11h45

Justiça peruana indicia Humala por assassinato

da BBC, em Londres
Uma juiza peruana decidiu nesta sexta-feira indiciar por assassinato o líder oposicionista Ollanta Humala, derrotado nas eleições presidenciais de 4 de junho.
Humala terá de responder a acusações de assassinato, desaparição e lesões graves que remontam à época em que ele comandava a base militar de Madre Mia, entre 1992 e 1993, durante o auge da luta contra a guerrilha maoísta Sendero Luminoso.

O procurador do caso havia pedido o indiciamento de Humala também por tortura, mas a juíza Miluska Cano recusou o pedido porque, em 1992, o crime não estava tipificado na legislação peruana.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,34
    3,176
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h23

    -0,40
    76.283,16
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host