UOL Notícias Notícias
 

04/09/2006 - 21h23

Juiz argentino anula perdões a ministros do governo militar

da BBC, em Londres
Um juiz da Argentina anulou os perdões que haviam sido concedidos a dois ministros do governo militar (1976-83), alegando que os indultos eram inconstitucionais.
Os ex-ministros José Alfredo Martínez de Hoz (Economia) e Albano Harguindeguy (Interior) são acusados de envolvimento no seqüestro de dois empresários e, sem a proteção judicial, poderão enfrentar processo.

Eles haviam recebido o perdão em 1990 do então presidente Carlos Menem (1989-1999), que indultou os principais líderes do governo militar com o objetivo de "pacificar" o país. A medida foi criticada na época por grupos defensores de direitos humanos.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    1,30
    3,231
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h20

    -1,28
    75.413,13
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host