UOL Notícias Notícias
 

12/09/2006 - 05h30

Israel questiona anúncio de coalizão palestina

da BBC, em Londres
O governo israelense teve uma reação cautelosa ao anúncio de que os grupos palestinos Hamas e Fatah chegaram a um acordo para criar um governo de unidade nacional.
A ministra do Exterior Tzipi Livni avisou que qualquer que seja a nova liderança, ela terá que seguir as condições impostas pelo Ocidente: o reconhecimento do Estado de Israel e o abandono da violência.

O acordo entre as facções do presidente palestino, Mahmoud Abbas, e do primeiro-ministro Ismail Haniya foi fechado na segunda-feira e prevê a dissolução do governo do Hamas - que vinha sofrendo um boicote econômico e político por parte da União Européia e dos Estados Unidos.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h49

    0,11
    3,339
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h59

    -0,34
    61.065,34
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host