UOL Notícias Notícias
 

13/09/2006 - 07h49

Promotor acusa juiz de favorecer Saddam Hussein

da BBC, em Londres
O chefe da promotoria no julgamento do ex-presidente do Iraque Saddam Hussein por genocídio pediu ao juiz do caso que deixe o posto, afirmando que ele favorece o ex-líder.
Munqith al-Faroon queixou-se na abertura dos trabalhos no tribunal em Bagdá nesta quarta-feira que os réus foram "longe demais", ameaçando testemunhas e fazendo declarações políticas.

"Os réus foram longe demais, com expressões e palavras inaceitáveis. Os réus fizeram ameaças claras", afirmou al-Faroon.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    12h50

    0,32
    3,277
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h57

    1,70
    63.727,63
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host