UOL Notícias Notícias
 

15/09/2006 - 08h51

'Ataque à ONU no Líbano foi erro trágico', diz Israel

da BBC, em Londres
Israel admitiu nesta sexta-feira que o bombardeio aéreo que atingiu um posto da Organização das Nações Unidas (ONU) no Líbano, em julho, matando quatro observadores internacionais, foi o resultado de um "erro trágico".
Um inquérito oficial israelense concluiu que o posto foi erradamente tomado como alvo, durante o conflito com a milícia xiita Hezbollah, devido a falhas nos mapas militares.

A ONU afirmou que já havia entrado em contato com Israel diversas vezes, pedindo que aviões militares parassem de bombardear a área, antes do ataque que matou observadores da China, Áustria, Finlândia e Canadá.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,02
    3,136
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,02
    75.974,18
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host