UOL Notícias Notícias
 

15/09/2006 - 10h02

Banco Mundial critica Cingapura por barrar ONGs

da BBC, em Londres
O presidente do Banco Mundial (Bird), Paul Wolfowitz, qualificou de "autoritária" a decisão do governo de Cingapura de barrar ativistas de organizações não-governamentais que participariam de eventos paralelos ao encontro anual do Fundo Monetário Internacional (FMI).
Pelo menos 27 ativistas foram proibidos pelo governo de Cingapura de entrar na cidade-Estado, de passagem para a ilha indonésia de Batam – a cerca de uma hora de barco do local onde se realizam os encontros &?8211; onde ONGs realizam seu próprio evento não-oficial.

Dezenas de ativistas foram extraditados, entre eles uma brasileira barrada ao desembarcar no aeroporto.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,11
    3,339
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,30
    61.087,14
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host