UOL Notícias Notícias
 

15/09/2006 - 15h46

Bush defende tribunais militares em Guantánamo

da BBC, em Londres
O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, defendeu nesta sexta-feira a aplicação de leis antiterrorismo que foram rejeitadas por um comitê do Senado dos Estados Unidos.
Na quinta-feira o comitê bipartidário votou contra propostas de Bush que previam, por exemplo, a instalação de tribunais militares em Guantánamo e proteção legal a interrogadores americanos que usassem métodos que violam as Convenções de Genebra.

Nas suas declarações desta sexta-feira, o presidente disse que essas medidas eram vitais para a segurança dos Estados Unidos e exortou os parlamentares a agir de forma "rápida e inteligente".



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,68
    3,129
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,71
    64.308,39
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host