UOL Notícias Notícias
 

24/09/2006 - 07h44

EUA admitem detenção de chanceler venezuelano

da BBC, em Londres
O Departamento de Estado americano enviou um pedido de desculpas ao ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Nicolás Maduro, pelo incidente ocorrido no aeroporto internacional JFK, em Nova York.
Ao embarcar de volta à Caracas, depois de uma semana em Nova York, onde tinha ido participar da 61ª Assembléia Geral da ONU, o ministro Maduro foi detido por mais de uma hora pela polícia do aeroporto, que ainda reteve seus documentos.

O governo venezuelano disse que o incidente era uma flagrante violação das leis internacionais e fez uma reclamação formal às autoridades americanas e à Secretaria Geral da ONU.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,11
    3,339
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,30
    61.087,14
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host