UOL Notícias Notícias
 

25/09/2006 - 20h36

ONU diz que Hariri foi 'assassinado por suicida'

da BBC, em Londres
Uma investigação realizada pela Organização das Nações Unidas (ONU) encontrou novas evidências de que o ex-primeiro-ministro libanês Rafik Hariri foi assassinado por um suicida.
Hariri foi morto em fevereiro de 2005, em um ataque com um carro-bomba no centro de Beirute, capital do Líbano.

Segundo relatório do principal responsável pela investigação, o belga Serge Brammertz, os investigadores acreditam que um homem morto no atentado teria detonado a bomba no caminhão que matou Hariri.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,75
    3,173
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h21

    -0,13
    76.891,84
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host