UOL Notícias Notícias
 

28/09/2006 - 17h43

Google explicará à Justiça sua posição no caso Orkut

da BBC, em Londres
A Google Inc. anunciou nesta quarta-feira que deve apresentar à Justiça brasileira uma resposta à requisição de dados de usuários do site de relacionamentos Orkut acusados de pedofilia, racismo e homofobia, explicando por que a empresa não pode atender o pedido da forma como ele foi feito.
O juiz federal José Marcos Lunardelli deu um prazo que termina nesta quinta-feira para que a afiliada da Google no Brasil liberasse as informações. Caso não obecesse, a companhia iria receber multas diárias de US$ 23 mil.

No começo de setembro, a Google já havia afirmado por meio de um comunicado que iria atender ao pedidos se fossem endereçados à matriz da empresa nos Estados Unidos. E, na época, acrescentou que, resolvida a questão formal, o pedido deveria ser atendido.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    11h09

    1,05
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    11h17

    -0,24
    63.370,80
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host