UOL Notícias Notícias
 

03/10/2006 - 17h54

Atirador admitiu ter molestado crianças no passado

da BBC, em Londres
O homem responsável por um massacre numa escola amish dos Estados Unidos confessou à sua esposa, momentos antes de abrir fogo contra meninas e se suicidar, que havia molestado crianças 20 anos atrás, de acordo com informações divulgadas pela polícia nesta terça-feira.
Mais uma menina que havia ficado ferida no ataque de segunda-feira morreu nesta terça, elevando para cinco o número de vítimas fatais do atirador, Charles Roberts, um motorista de caminhão de 32 anos.

"Ele disse 'eu não vou voltar para casa' e afirmou 'eu molestei alguns menores da família que tinham três ou quatro anos de idade há 20 anos", disse o chefe da polícia do Estado da Pensilvânia, Jeffrey Miller, ao reproduzir o depoimento da mulher de Roberts sobre um telefonema que recebeu do marido momentos antes de ele começar a atirar nas crianças.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,44
    3,190
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h21

    0,14
    76.390,52
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host