UOL Notícias Notícias
 

22/10/2006 - 12h28

Sudão dá três dias para enviado da ONU deixar o país

da BBC, em Londres
O governo do Sudão deu um prazo de três dias para que o enviado especial da Organização das Nações Unidas (ONU) à capital, Cartun, Jan Pronk, deixe o país.
O ultimato foi dado depois que o chefe do Exército sudanês acusou Pronk de divulgar "informações falsas" em seu blog pessoal em um website do sistema da ONU.

Pronk havia dito que o Exército está sofrendo muitas baixas no combate a rebeldes na região de Darfur, o que estaria "afetando negativamente o trabalho das Forças Armadas". Segundo ele, o moral está baixo e vários generais foram demitidos.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -1,13
    3,302
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    1,80
    62.188,09
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host