UOL Notícias Notícias
 

07/11/2006 - 13h36

De volta ao tribunal, Saddam pede reconciliação

da BBC, em Londres
O ex-líder iraquiano Saddam Hussein voltou a um tribunal em Bagdá nesta terça-feira, dois dias depois de ter sido condenado à forca, e pediu que os iraquianos se reconciliem.
“Eu convoco todos os iraquianos, árabes e curdos, a perdoar, a reconciliar-se e apertar as mãos&?8221;, disse Saddam, que está sendo submetido a julgamento por genocídio.

Saddam Hussein foi condenado no domingo à morte por enforcamento por causa do assassinato de 148 pessoas no vilarejo de Dujail, de maioria xiita, após uma tentativa de assassiná-lo, em 1982.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h16

    -0,05
    3,173
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h23

    1,12
    65.403,25
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host