UOL Notícias Notícias
 

20/11/2006 - 17h11

Governo russo nega ter envenenado ex-espião

da BBC, em Londres
O governo da Rússia afirmou nesta segunda-feira que é "pura bobagem" a acusação de que o Kremlin estaria por trás do envenenamento de um ex-espião russo em Londres.
Nesta segunda-feira, Alexander Litvinenko, um ex-coronel da KGB exilado na Grã-Bretanha e envenenado pelo metal altamente tóxico tálio, voltou para a unidade de terapia intensiva em um hospital de Londres.

Litvinenko, de 43 anos, era um crítico ferrenho do presidente russo Vladimir Putin e ficou doente depois de se encontrar com uma fonte em um restaurante de comida japonesa no dia 1º de novembro.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h40

    0,37
    3,177
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h49

    -0,76
    76.008,56
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host