UOL Notícias Notícias
 

24/11/2006 - 10h08

Acusações da Justiça francesa causam revolta em Ruanda

da BBC, em Londres
Ruanda chamou de volta seu embaixador na França intensificando a polêmica gerada pela expedição, por um juiz francês, de mandados de prisão contra assessores do presidente do país africano, Paul Kagame.
O juiz determinou na quarta-feira a prisão de nove assessores de Kagame por envolvimento em um incidente que provocou o genocídio de Ruanda, nos anos 90. Eles são acusados de terem organizado a derrubada do avião em que viajava o então presidente do país, Juvenal Habyarimana, de etnia hutu.

Mais de 800 mil pessoas morreram no massacre promovido por hutus após a morte de Habyarimana. O massacre, de membros da etnia tutsi e hutus moderados, durou cem dias.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    1,02
    3,178
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,90
    67.976,80
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host