UOL Notícias Notícias
 

25/11/2006 - 16h59

Líbano aprova proposta para julgar assassinos de Hariri

da BBC, em Londres
O gabinete libanês aprovou a proposta da Organização das Nações Unidas (ONU) para o julgamento dos acusados pelo assassinato do assassinato do ex-premiê Rafiq Hariri, ocorrido no ano passado.
A reunião foi boicotada pelos membros da oposição, contrária ao governo pró-Ocidente, liderado pelo primeiro-ministro, Fouad Siniora.

A aprovação do projeto deve ser encarada como uma provocação à oposição xiita e há temores de que a violência entre grupos rivais se acentue, já que a tensão é grande depois da morte do ministro Pierre Gemayel, na última terça-feira – o sexto político a ser assassinado no Líbano nos últimos dois anos.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,34
    3,176
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h12

    -0,40
    76.283,16
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host