UOL Notícias Notícias
 

06/12/2006 - 14h48

Médicos negam 'exagero' em diagnóstico de Pinochet

da BBC, em Londres
A equipe médica responsável pelo tratamento do ex-líder do regime militar no Chile, Augusto Pinochet, rejeitou acusações de que estaria exagerando a doença do general para que ele não enfrente processo.
"Não estaríamos aqui se tivéssemos criado um teatro. Evidentemente temos atuado de forma profissional como qualquer outro médico", disse um dos integrantes da equipe Juan Ignácio Vergara, em uma coletiva concedida em Santiago.

Segundo os médicos, a evolução de Pinochet é muito boa, o ex-líder já consegue se levantar da cama e está em condições de caminhar. Na quarta-feira poderá voltar para sua casa.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    -0,94
    3,108
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,51
    63.853,77
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host