UOL Notícias Notícias
 

07/12/2006 - 18h45

Mais sete são contaminados com polônio em Londres

da BBC, em Londres
Sete funcionários do bar de um hotel em Londres que foi visitado pelo ex-espião russo Alexander Litvinenko também foram contaminados pela substância radioativa polônio-210, informou nesta quinta-feira a agência britânica de vigilância sanitária (HPA, na sigla em inglês).
Litvinenko morreu há duas semanas supostamente devido à contaminação por polônio-210. A Polícia britânica, que investiga a morte do russo, está tratando o caso como assassinato por envenenamento.

A quantidade de polônio-210 encontrada no corpo dos funcionários do Pine Bar, do hotel Millenium, é pequena, mas suficiente para aumentar o risco de eles desenvolverem algum tipo de câncer. Até o momento, nenhum funcionário apresentou sintomas de doença.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    1,30
    3,231
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h20

    -1,28
    75.413,13
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host