UOL Notícias Notícias
 

29/12/2006 - 05h27

Ex-líder paramilitar argentino é preso na Espanha

da BBC, em Londres
A polícia da Espanha prendeu perto da cidade de Valência um suposto ex-líder de um grupo paramilitar de extrema-direita da Argentina que é acusado de ter matado cerca de 1,5 mil opositores do governo na década de 70.
Rodolfo Almirón, de 71 anos, um ex-delegado de polícia, foi detido poucas horas depois que um juiz argentino expediu mandado internacional para sua prisão.

Almirón, que vive na Espanha há 30 anos, teria sido um dos líderes da Aliança Anti-Comunista Argentina, também conhecida como Triplo A.



Continua...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,12
    3,169
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h20

    -0,90
    76.201,25
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host